10 de dez de 2014

Mimos natalinos

Que bom que mesmo em tempo de internet e comunicação rápida, ainda existem pessoas que mandam cartão de natal via correio. Esta semana recebemos dois, um da Suécia e outro de Portugal.

Esse da Suécia veio com anjos e bombons de chocolates.

E o de Portugal veio no capricho com desenhos feito por uma linda portuguesinha que eu amo como uma sobrinha.

E da farmácia onde sempre compramos remédios, ganhei esse porta vela de papel. Que por sinal acendi uma vela e fiquei espiando para ver se o papel ia pegar fogo.

2 de dez de 2014

Dezembro, então é natal

Chegou dezembro, chegou natal.
As ruas já estão mais iluminadas, com luzes e desenhos natalinos.

O mercado de natal, aqui em Heidelberg, é o passeio inevitável, seja para tomar um vinho quente, comer, comprar um artesanato ou apenas passear.

Aqui em casa, a decoração é tímida. Acho lindo e admiro quem gosta de arrumar a casa para o natal, mas eu morro de preguiça.

Hoje decidi tirar os panos e porta-vela do armário. 
Tudo é pequenino, a árvore, o presépio, as velas... Gosto assim.
Agora está faltando as velas do advento. Cismei que quero ter na minha decoração essas velas. 
Assim que melhorar da gripe, vou comprar. Espero que ainda tenha para vender, pois o primeiro domingo do advento já passou.
 

16 de nov de 2014

Dia nacional da pessoa ostomizada

Eu precisava escrever mais sobre ostomias, mas ando sem tempo.
Mas já escrevi alguns post, querendo ler é só clicar em cima:
A colostomia e as roupas
Colostomia, um novo caminho
Eu tenho uma colostomia

31 de out de 2014

Cecília Meireles na Quimiolândia hoje!

Motivo - Cecília Meireles

Eu canto porque o instante existe
e a minha vida está completa.
Não sou alegre nem sou triste:
sou poeta.

Irmão das coisas fugidias,
não sinto gozo nem tormento.
Atravesso noites e dias
no vento.

Se desmorono ou se edifico,
se permaneço ou me desfaço,
— não sei, não sei. Não sei se fico
ou passo.

Sei que canto. E a canção é tudo.
Tem sangue eterno a asa ritmada.
E um dia sei que estarei mudo:
— mais nada.

23 de out de 2014

A tigresa do Caetano na Quimiolândia


Hoje na Quimiolândia, 11º ciclo de quimioterapia semanal!

Tigresa - Caetano Veloso

Uma tigresa de unhas negras e íris cor de mel
Uma mulher, uma beleza que me aconteceu
Esfregando a pele de ouro marrom do seu corpo contra o meu
Me falou que o mal é bom e o bem cruel
Enquanto os pelos dessa deusa tremem ao vento ateu
Ela me conta, sem certeza, tudo o que viveu
Que gostava de política em 1966
E hoje dança no Frenetic Dancing Days
Ela me conta que era atriz e trabalhou no Hair
Com alguns homens foi feliz, com outros foi mulher
Que tem muito ódio no coração, que tem dado muito amor
E espalhado muito prazer e muita dor
Mas ela ao mesmo tempo diz que tudo vai mudar
Porque ela vai ser o que quis, inventando um lugar
Onde a gente e a natureza feliz vivam sempre em comunhão
E a tigresa possa mais do que o leão
As garras da felina me marcaram o coração
Mas as besteiras de menina que ela disse, não
E eu corri pra o violão num lamento, e a manhã nasceu azul
Como é bom poder tocar um instrumento

21 de out de 2014

Bangladesh, eu fui!

Uma pessoa me escreveu e me pediu informações turísticas sobre Bangladesh.
Estive em Dakar, Bangladesh, em fevereiro de 2013.

Como sempre, antes de viajar, procurei informações sobre Dakar. Mas eu tive dificuldades em encontrar informações turísticas sobre a capital de Bangladesh.

Havia algumas fotos das ruas, dos riquixás, das comidas e muito pouco dos lugares para visitar.
Ao chegar lá, não vi diferença entre o que vi na internet, sob o olhar dos outros, e o que eu vi com meus próprios olhos.

Dakar é uma cidade grande. Para uma brasileira que mora em Heidelberg há 7 anos, achei um pouco caótica.
Não conseguia entender o transporte público, e nem o privado, que era os táxis ou moto táxis. Os riquixás eu até que entendi um pouco, mas se eles de repente parassem e me deixasse em qualquer parte da cidade, eu ficaria apavorada.

No mesmo dia que chegamos, visitamos a feira do livro de Dakar. Foi legal. Flavio foi entrevistado como um turista na feira.

No dia seguinte, participamos de um manifestação pelo dia da língua mãe. Era um desfile escolar, e
também da sociedade civil. Achei bonito. O colorido das roupas e bandeiras davam vida e alegria aquelas pessoas que estavam ali.
Algumas eram magrinhas, outras portadoras de necessidades especiais, algumas famintas...
No período da tarde passeamos a beira do rio, que por sinal era poluído. Atravessamos de canoa de um lado para outro, e eu fiquei com medo da canoa virá...mas não virou.

Nos outros dias ficamos em reuniões e no evento sobre o direito humanos à alimentação em Bangladesh.

Uma coisa me chamou a atenção lá...a comida de rua.
Manga, goiaba, e cenoura eram consumidas verdes, salpicadas com um molho apimentado e enroladas em um cone feito de jornal ou papel de revista. Muita gente comia, e eu confesso, fiquei com vontade também. Mas higiene não muito confiável aliada a minha sensibilidade a pimenta me impediram de tal ato gastronômico.

Outra comida de rua que me apetecia era um pão feito na hora em uma enorme chapa. Esse eu comi, mas foi dentro de uma lanchonete.


Eu acho interessante conhecer outras culturas, visitar outros países, provar novos sabores. Se eu estivesse bem de saúde, eu iria novamente a Bangladesh.




Esse potinho é arroz doce. Um dos melhores que já comi.

Bangladesh, eu já fui e foi uma experiência interessante.


9 de out de 2014

Belém, Círio de Nazaré, e Leila Pinheiro na Quimiolândia

Há muito que aqui no meu peito 
Murmuram saudades azuis do teu céu 
Respingos de orvalho me acordam 
Luando telhados que a chuva cantou 
Mas o que é que tens feito 
Que estás tão faceira 
Mais jovem que os jovens irmãos que deixei 
Mais sábia que toda a ciência da terra 
Mais bela, mais dona, do amor que te dei

Onde anda meu povo, meu rio, meu peixe 
Meu sol, minha rede, meu tamba-tajá 
A sesta, o sossego na tarde descalça 
O sono suado do amor que se dá 
E o orvalho invisível na flor se embrulhando 
Com medo das asas do galo cantando 
Um novo dia vai anunciando 
Mandando e cantando cantigas de lá

Vós sois o lírio mimoso 
Do mais suave perfume 
Que ao lado do santo esposo 
A castidade resume 
Oh, Virgem Mãe amorosa 
Fonte de amor e de fé 
Dai-nos a benção bondosa 
Senhora de Nazaré 
Dai-nos a benção bondosa 
Senhora de Nazaré

Se em vossos lábios divinos 
Um doce riso desponta 
Nos esplendores dos hinos 
Nossa alma aos céus se remonta 
Oh, Virgem Mãe amorosa 
Fonte de amor e de fé 
Dai-nos a benção bondosa 
Senhora de Nazaré 
Dai-nos a benção bondosa 
Senhora de Nazaré

Sem círio da Virgem 
Sem cheiro cheiroso 
Sem a chuva das duas que não pode faltar 
Murmuro saudades de noite abanando 
Teu leque de estrelas 
Belém do Pará

8 de out de 2014

Pela demarcação da terras dos Guarani Kaiowá - um apelo

Em setembro, recebemos em nossa casa o Cacique Eliseu.
Ele estava aqui na Europa falando da realidade dos Guaranis Kaiowá no Brasil e pedindo apoio internacional para que o governo brasileiro demarque suas terras.

Eu gostaria que as pessoas que lêem minha pavulagem também entendesse a questão dos Guaranis, então aproveitei e fiz uma entrevista  curta com o Cacique Eliseu.

- é a primeira vez que eu vim para a Europa, e estou gostando muito, porque vim trazer a nossa realidade, a nossa vivência lá do Brasil.
Nós estamos [aqui na Europa] há mais de uma semana.

O objetivo da visita é trazer a realidade dos Guarani Kaiowá, principalmente dos que moram na fronteira do Paraguai-Brasil. Há falta de terra, muita violência, número de mortes muito alto, tem a questão da alimentação insuficiente para o sustento e principalmente por falta de espaço,  de terra .... e também viemos pedir apoio internacionalmente para que se pressionasse o governo para demarcar nossas terras.

O nosso problema, a nossa luta é a falta de terra, falta espaço para 40.000 guarani kaiowás.
Já fomos até Genebra, Bélgica e vamos para Roma também.

Conversamos com várias pessoas, inclusive com a relatora dos direitos humanos para a questão indígena da ONU. Ela se comprometeu a fazer uma visita ao Mato Grosso do Sul.
Para nós isso é muito bom.
Queremos que as pessoas, essas autoridades vejam nossa realidade.

Eu sou de Curuçuambá, no Mato Grosso do Sul.
Fomos atacados várias vezes por pistoleiros. Mataram uma senhora de idade (73 anos), é uma forma de intimidar as pessoas. Já mataram várias lideranças nossas.

Eu estou sendo ameaçado de morte também. Porque eu estou denunciando, mostrando a realidade... Mas eu não me calo. Eu não tenho mais medo, muitas lideranças já passaram por isso, já derramaram sangue por lutar por um pedaço de terra..e o mesmo caminho estou levando.
Eu não consigo mais ficar em um só lugar, eu tenho que ficar mudando sempre. Eu fico como preso, escondido para não ser morto. Eu sou livre, mas eu vivo preso.

Por isso meu objetivo é mostrar esta realidade. Nós somos muito massacrados, os guaranis estão sofrendo muito de violência por reinvidicarem nossos direitos. A impunidade é muito grande.
Muitas lideranças estão denunciando, nós temos um movimento: o “atu guassu”.

Nós, Guarani, estamos decididos, se o governo não demarcar a terra, nós vamos ocupar a terra.
Estamos levando a nossa vida em perigo pela nossa sobrevivência.

A terra para nós é muito importante, é uma mãe, da terra nós produzimos, é da terra que alimenta a nossa cultura, nossa vida, nosso modo de vida indígena. Isso para nós é a vida.

Mato Grosso do Sul, está devastado, os rios estão secando, existe muita fome.Os guarani estão dependendo de cesta básica, mas não dura nem 15 dias. Muitas vezes nos é levado produtos vencidos.
Muitas lideranças, e crianças vivem na beira da estrada, mais de 3.000 indígenas estão morando na beira da estrada, em acampamento... somos muito ameaçados, não sabemos o dia e a hora que vamos ser atacados.
Mas enfrentamos e resistimos.
Tem muitas violações e desrespeito aos direitos humanos.

Um recado:
Eu gostaria de deixar meu agradecimento a todos que vão conhecer a nossa realidade. Estou pedindo apoio para que nos ajudem e divulguem a nossa realidade.  Temos experiência internacionalmente através do Facebook, de cartas que pressionam o governo brasileiro pela demarcação das terras.

Por isso peço esse apoio: divulgue a nossa realidade.

A quem interessar possa... uma outra reportagem sobre a visita do Cacique Eliseu na ONU.

Mato Grosso do Sul: onde um boi vale mais que uma criança indígena

http://www.mst.org.br/node/16582

6 de out de 2014

Entrevista para o Instituto Oncoguia

Dei uma entrevista para o Instituto Oncoguia, um site muito útil para quem tem câncer e para a família e amig@s de quem tem câncer.

Instituto Oncoguia - Você poderia se apresentar?

Roseane Viana - Meu nome é Roseane Viana, tenho 43 anos, moro em Heidelberg, Alemanha. Eu gosto de estudar, trabalhar, ir ao cinema, viajar, conhecer novos lugares, pessoas e comidas. Gosto de experimentar novidades e comidas. Gosto de fazer fotos de comida também.

Instituto Oncoguia - Qual seu tipo de câncer ?

Roseane Viana - Tenho câncer de ovário.

Instituto Oncoguia - Como foi que você descobriu que estava com câncer?

Roseane Viana - Fui em uma consulta de rotina na ginecologista. Eu costumava ir 2 vezes ao ano para controle da displasia mamária que tenho.

Leia a entrevista na íntegra aqui:
http://www.oncoguia.org.br/mobile/conteudo/cancer-de-ovario-roseane-viana/6471/304/

1 de out de 2014

Os Beatles na Quimiolândia

I Want To Hold Your Hand - The Beatles



Oh yeah, I'll tell you something
I think you'll understand
When I say that something
I wanna hold your hand

I wanna hold your hand
I wanna hold your hand

Oh, please! Say to me
You'll let me be your man
And, please! Say to me
You'll let me hold your hand

Now let me hold your hand
I wanna hold your hand

And when I touch you I feel happy inside
It's such a feeling that my love
I can't hide, I can't hide, I can't hide

Yeah, you got that something
I think you'll understand
When I say that something
I wanna hold your hand

I wanna hold your hand
I wanna hold your hand

29 de set de 2014

Nomes comerciais

Um bar chamado Picota, em Aveiro, Portugal.
Um café, chamado Pippifax, em Dislberg, Alemanha.

Um café chamado Basta, em Heidelberg, Alemanha
Este café fechou há alguns anos.
Café Sisi, Budapeste,Hungria.
Uma loja de Chapéu com o nome Rita, em Bad Krozingen, Alemanha.
E eu lembrei da minha prima.
Uma contribuição que vem do Brasil, mas a Doceria Piriquita fica em Sintra, Portugal.

25 de set de 2014

Música alemã alegrando a Quimiolândia!

Se não não for possível cantar, então clica no vídeo e escuta..
Essa música é muito fofa!

Küssen Verboten (Beijo proibido)
Die Prinzen

Du willst mich haben, denn du findest mich schön,
und ich muß sagen, das kann ich gut verstehn.
Du machst Geschenke, und wäscht bei mir ab,
und ich denke, daß ich's gut bei dir hab.
Doch da gibt es eine Sache, die ich gar nicht leiden kann,
kommen deine feuchten Lippen zu nah an mich ran.
Küssen verboten (Küssen verboten),
Küssen verboten (Küssen verboten).
Keiner, der mich je gesehn hat, hätte das geglaubt,
Küssen ist bei mir nicht erlaubt.
Schon in der Schule, ich war sieben Jahre alt,
da war die Jule in mich total verknallt.
Ging ich nach Hause, kam sie hinter mir her,
und in der Pause wollte sie noch viel mehr.
Sie dachte, daß sie mich mit Käsebrötchen kaufen kann,.
und dann kamen ihre feuchten Lippen an mich 'ran.
Küssen verboten (Küssen verboten),
Küssen verboten (Küssen verboten).
Keiner, der mich je gesehn hat, hätte das geglaubt,
Küssen ist bei mir nicht erlaubt.
Und letzte Nacht im Traum,
Tobias kam zur Tuere herein,
ich sah große feuchte Lippen
und konnte nur noch schrei'n:
Küssen verboten (Küssen verboten),
Küssen verboten (Küssen verboten).
Keiner, der mich je gesehn hat, hätte das geglaubt,
Küssen ist bei mir nicht erlaubt.

22 de set de 2014

Um gaveteiro para o material da colostomia

Desde que tenho colostomia, guardo o material em uma caixa, embaixo da pia do banheiro.
A enfermeira me falou que eu tinha que deixar o material bem acessível, facilitando a troca de bolsas e placas.

Semana passada, fiquei pensando que gostaria de colocar o material em uma caixa melhor ou em um armário. Só que o armário que tenho no banheiro é pequeno e guardo outras coisas, como remédios, secador de cabelo e produtos de higiene corporal.

Na semana passada, fui com uma amiga passear em uma grande loja de departamento, chamada IKEA.
Aí eu vi um gaveteiro de ferro, pequeno e barato, e pensei: ¨acho que vai ficar legal no banheiro¨, comprei bendito!

Veja como estava antes e como ficou depois:
Eu gostei, e você?

19 de set de 2014

A cena mais linda que já vi na Quimiolândia!

Ontem eu tive o 6º ciclo de quimioterapia.
Como sempre, levei coisinhas para beliscar: uva-passas, arando, sementes, bolachinha salgada, castanha de caju, meia maçã e suco.
Minha leitura foi sobre o estado de insegurança alimentar do Brasil, publicado pela FAO esta semana. E ainda um artigo sobre vibrações positivas.
Mas a cena mais linda que vi foi da mãe e filha de mãos dadas e olho no olho, achei tão lindo e carinhoso.
Perceberam que eu tô de sandália e pernocas de fora?
Ontem fez calor e eu aproveitei para usa-los.

17 de set de 2014

Let´s sing with Jimmy Cliff at Chemoland?

When I have chemo, I´m used to listen to music. I like it. It helps me to be in a good mood and makes me happy.

Let´s sing this beautiful music?
You can get it if you really want,
You can get it if you really want,
You can get it if you really want,
but you must try, try and try,
try and try,
you'll succeed at last.

Persecution you must bear,
win or lose, you got to get your share,
You've got your mind set on a dream,
you can get it, though hard it may seem, now.

Refrain

I know it - listen
Rome was not built in a day,
Opposition will come your way,
but the harder the battle you see,
it's the sweeter the victory, now.

16 de set de 2014

Projetos sobre câncer na Câmara dos Deputados

Eu li no site ONCO GUIA:

Devido à ausência do número mínimo de deputados (quórum) na votação prevista para esta quarta (03/09), a Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF) deixou votar quatro projetos relacionados ao mundo do câncer que poderiam virar lei:

  • PL 780/07 - Obrigará o SUS a fornecer a drenagem linfática para pacientes com quadro de linfoedemas (acumulo de líquido no braço ou na perna) pós-mastectomia.

  • PL 730/11 - Criará unidades exclusivas para a saúde da mulher.

  • PL 1131/11 - Concederá o direito a uma folga anual às trabalhadoras, para a realização de exames de controle do câncer de mama e do colo do útero.

  • PL 6621/13 – Estenderá para todo o País as atividades do Outubro Rosa, movimento dedicado à conscientização do câncer de mama.


Em ano de eleição para presidente, governador(a), senadora (o), deputada (o) federal e estadual, vamos prestar bem atenção nas propostas de cada candidata(o), e ver quais são as propostas em relação prevenção e tratamento do câncer.

12 de set de 2014

O outono chegou na minha cabeça

Assim como o outono vem chegando por aqui, as folhas verdes vão mudando de cor e depois caindo, o meu cabelo também começou cair....
O médico e a enfermeira já haviam me alertado para isso. Mas foi uma surpresa para eles que meus cabelos ainda começaram para cair somente na semana passada.
Ontem fiz meu 5 ciclo, isto é,  o cabelo só começou a cair a partir do 4º ciclo.

Primeiro começou a cair quando eu lavava, depois quando eu penteava, e depois bastava eu passar as mãos nos cabelos que vinha um chumaço.
Comecei a ver cabelão, sim meus cabelos estava grandinho, no travesseiro, na roupa, na echarpe , na mesa...isso começou a me incomodar.

Há tempos,  já não tenho mais apego ao cabelo (já escrevi sobre isso aqui), decidi cortar e curtir um corte legal antes de ficar careca.

Batemos fotos antes e depois do corte. Até eu me surpreendi com o tamanho do meu cabelo na parte de trás, estava enorme.
 Veja como ficou depois:


Aqui em Heidelberg tenho uma cabelereira que é brasileira, Letícia Barbosa, desde que a conheci, só corto com ela, digo que as mãos delas são mágicas, confio plenamente no trabalho dela. Entrego meus cabelos de olho fechado pra ela, e ela nunca errou.

Eu adorei!

Já escrevi um post sobre a quimioterapia e o cabelo, se quiser ler, entre clique neste link: http://nutriane.blogspot.de/2013/08/quimoterapia-e-o-cabelo.html

E algumas idéias de como usar lenços na cabeça, além de ficar um charme, pode ficar na maior pavulagem também. Aqui neste link: http://nutriane.blogspot.de/2012/12/lencos-na-cabeca.html


11 de set de 2014

E hoje teve Reginaldo Rossi na Quimiolândia!

A música foi para animar a tarde, mas também levei livro, revista, suco e frutas seca.

Mas agora é hora de cantar Reginaldo Rossi.

Mon amour, meu bem, ma femme! 
Reginaldo Rossi

Nesse corpo meigo e tão pequeno
Há uma espécie de veneno
Bem gostoso de provar
Como pode haver tanto desejo
Nos seus olhos, nos seus beijos
No teu jeito de abraçar

E foi com isso
Que você me conquistou
Com esse jeito de menina
E esse gosto de mulher
E nada existe em você
Que eu não ame
Sou metade sem você

Mon amour,
meu bem,
ma femme!



10 de set de 2014

A vida é bela, perfumada e gostosa!

Sabe quando você acorda bem cedo e sem preguiça?
Meu dia hoje foi assim, e foi muito bom.

Meu desjejum foi fantástico. Fiz uma vitamina de banana com frutas vermelhas, aveia e chia; eu não vivo sem café,fiz um cappuccino cremoso, torradinhas, queijo e geléia.
Depois fui para Stuttgart. Tinha uma reunião na universidade.

Aproveitei para ver meu afilhado, que a cada está mais lindo.
Lá na universidade, já dá para perceber que o outono está chegando, e as folhas já começaram a ficar vermelhas. Um visual muito lindo, com contrastes verde e vermelho.

Depois da reunião, eu e minha colega de doutorado, fizemos uma selfie em frente ao castelo.
Nós dividimos a mesma sala que fica no mesmo prédio do castelo.
Além da sala, dividimos expectativas, angústias, stress, mas acreditamos que o doutorado não precisa ser feito de dor e sofrimento, nós nos divertimos muito, porque fazemos o que gostamos. E ainda somos pagas com uma bolsa para isso.
Eu acho ela a cara da atriz Scarlett Johansson.

No caminho de volta para casa, descobri uma loja portuguesa que também vende produtos brasileiros.
Aí fiz umas comprinhas: bacalhau, atum, dobradinha e doce deleite.
Voltei para casa sorrindo de ponta a ponta.

E ainda teve presentes que o marido trouxe de Oxford: revistas inglesas, trufas de chocolates e um perfume.

A vida é bela, perfumada e gostosa!

9 de set de 2014

Suco vermelho para combater a fadiga e começar bem o dia

Um suquinho vermelho energético vai bem, não vai?

Hoje eu tive meu desjejum bem cedo, pois eu tinha fisioterapia. E como eu sou viciada em café, não poderia ir sem tomar meu pretinho básico de todos os dias.
Sendo a minha primeira vez no centro de fisioterapia, achei melhor levantar cedo e tomar café com uma hora de antecedência.

Fui ao centro, que é bem pertinho de casa, 5 minutos a pé. Fiz minha fisioterapia localizada, e voltei para casa.

Decidi fazer um suco energizante vermelho para combater a fadiga (por conta da quimioterapia) e para começar meus trabalhos do doutorado.

Só digo uma coisa: delicioso!

3 de set de 2014

Um Spa em Filipinas

Ano passado, quado estive em Filipinas, uma super e querida amiga me deu de presente dois dias em um spa orgânico. Foi fantástico. Nós fomos juntas, e o Flavio também.
Não era um spa para emagrecer ou engordar. Era um pacote anti-stress e relaxamento.

Aliás spa, significa local de tratamento de saúde, beleza e bem estar. Mais informações sobre spa, aqui.
O spa em que fomos em Filipinas, chama-se Sônia´s Garden, aqui tem o site.
O espaço é muito bonito, com muitas flores e frutas. As pessoas que trabalham lá são super simpáticas e adoram conversar.

Minha amiga, a outra amiga dela e eu fizemos massagem corporal, cuidamos dos pés e da mãos.
Recebemos uma chá delicioso de manjericão com mel, uma delicia.
A comida era fantástica!
A gente podia preparar a própria salada, escolhendo os ingredientes.
O rolinho de banana com jaca era tudo de bom!
E o bolo de chocolate? hummm...nem me fale.
O pãozinho com capim marinho ainda está na minha memória.

Foi uma experiência maravilhosa e inesquecível, com muito relaxamento e bate papo gostoso.
Sou muito grata por tudo isso e outras coisas que tenho vivido.

31 de ago de 2014

Um dia pra chamar de meu - Dia da Nutricionista

Sou nutricionista, já sabia né?!
Gosto de estudar as causas sociais, culturais, e prazerosas da alimentação e nutrição.
Defendo os direitos humanos, especialmente o direito humano à alimentação adequada.
Sou militante da Segurança Alimentar e Nutricional.
Sou da geração anos 80, quando o rock nacional estourou. Super fã da Blitz, Paralamas, Legião Urbana e Titãs.
Esta música representa meu pensamento político, ideológico, social e igualitário!
Porque a gente não quer só comida, a gente quer a vida como a vida quer!

COMIDA - Titãs!
Bebida é agua
Comida é pasto
Você tem sede de que?
Você tem fome de que?
A gente não quer só comida,
A gente quer comida, diversão e arte
A gente não quer só comida,
A gente quer saída para qualquer parte,
A gente não quer só comida,
A gente quer bebida, diversão, balé
A gente não quer só comida,
A gente quer a vida como a vida quer
Bebida é agua
Comida é pasto
Você tem sede de que?
Você tem fome de que?
A gente não quer só comer,
A gente quer comer e quer fazer amor
A gente não quer só comer,
A gente quer prazer pra aliviar a dor
A gente não quer só dinheiro,
A gente quer dinheiro e felicidade
A gente não quer só dinheiro,
A gente quer inteiro e não pela metade

30 de ago de 2014

Cuidados bucais durante e pós quimo

Vou compartilhar aqui as recomendações que me deram desde 2012, quando comecei a fazer quimioterapia.
É preciso cuidar bem da boca quando se faz quimioterapia.
Acho isso fundamental, pois precisamos no alimentar, e bem! Assim nos dar mais força para poder aguentar toda a carga da quimo e seus efeitos colaterais,e nos ajuda a mantermos mais saudável assim evitando até uma infecção.

E quando aparece algum alteração na mucosa gengival, na língua e nos lábios, lá se vai o prazer de comer. Isso muitas vezes vem acompanhado de dor. Isso não é legal.
Por isso prevenir e cuidar é essencial. 

Evitar afta, boqueira, herpes na boca.
- Após escovar os dentes, lavar a boca com chá de camomila e/ou sálvia.
Fazer isso 3x/dia no mínimo.
Isso me ajuda muita. As vezes é inevitável,a imunidade está baixa, mas tem como aliviar.E lavar a boca com esses chás ajudam muito, previnem as infecções na mucosa bucal, aliviam a dor e aceleram a cicatrização.
Compre uma escova de cerdas macias para não machucar a gengiva.

E para herpes,é melhor usar um loção local recomendada pelo seu/sua médica.

Lábios secos:
Um bom batom ajuda muito, eu adoro batom,e de preferência colorido!

Como estou muito pálida, gosto de usar batons com cores mais vivas, me sinto mais bonita.

Mas os lábios ressecam muito com a quimioterapia. Pelo menos, o meu ressacou.

Então eu usei esse creme abaixo nos lábios,antes de passar batom. Assim os lábios não ficava tão ressecados.

Eu não sou garota propaganda do produto,e nem gosto de fazer isso, mas achei podia facilitar na aquisição do produtos se alguém tiver interesse.
O outro produto,descobri no Museu do Chocolate,em Paris, há uma semana. 
Também não sou paga para fazer a propaganda, mas quero dizer que este produto é muito bom.
Os lábios ficam super macios e com cheirinho e gostinho de cacau e menta. Eu adorei, e recomendo!                                                                
Controlar o paladar é mais difícil. Aquele gosto de metal, as vezes até de areia é ruim demais.
Eu fui aprendendo a partir do meu gosto a fazer algumas coisas que aliviam.
Mas isso, será tema para um próximo post.

28 de ago de 2014

E hoje teve quimo

Depois de uma viagem rápida, porém deliciosa à Paris e Nancy, hoje teve quimo.

Foi tranquilo.
Levei um livro para ler. Salada de frutas, fone de ouvido para escutar música, suco e água.

A música do dia foi um tributo ao George Harrison:  My Sweet Lord  (Meu doce Senhor)
Essa música é linda!
Indicação da minha irmã Rosivone!

 E ao chegar em casa, ainda fiz um mingauzinho de banana com tapioca e canela!
A vida é bela, mesmo fazendo quimioterapia!