29 de dez de 2011

Novelas

Não gosto muito de novela. Quando vou ao Brasil quase não assisto, e sinceramente acho tudo muito repetitivo, o enredo, personagens, as Helenas da vida que o diga.
Agora parece que a moda é o tal do remake. Pronto, mataram a criatividade de vez.
Mas eu conheço muita gente que gosta de novelas e pára tudo para assistir. Não condeno ninguém, tudo é uma questão de gosto.

Lembro de uma vez que eu tinha chegado em Macapá, vindo daqui de Heidelberg. Era um sexta-feira, e coincidentemente o último capítulo de uma novela das 9hs da noite.
Eu já tinha escutado que essa novela era um sucesso, mas eu não tinha a menor idéia.
Por volta de 9hs da noite, liguei para uma das minhas melhores amigas em Macapá.
Eu queria dizer que estava na cidade e que queria encontra-la. Só que para minha surpresa meu ibope estava praticamente 0. Minha concorrente era A Favorita, a novela das 21hs.
Minha amiga muito educada disse: agora não dá pra gente conversar, é o último capítulo da novela e eu não quero perder, te ligo quando acabar. E desligou o telefone.

Lá na casa dos meus pais, onde sempre fico hospedada, também estavam todos paralizados para ver o tal do último capítulo.
Eu não queria ficar a ver navios, então fui dar uma dar uma voltinha na rua. E nada. Nem viva alma passava.
Nunca tinha imaginado que uma novela tinha tanto poder assim, afe!

27 de dez de 2011

Signo e comida

Eu já nem lembro de onde copiei isto, mas mas não é minha autoria.

ÁRIES
Os pratos salgados prevalecem. Os arianos prezam a praticidade portanto qualquer comida fácil de prepara é bem-vinda. Sabores picantes também são muito apreciados. Sorvetes podem ser uma boa pedida para a sobremesa.
TOURO
Pratos refinados e sofisticados são sempre interessantes. Qualquer sabor ácido ou azedo será repelido. A sofisticação na hora da sobremesa também deve ser respeitada.
GÊMEOS
Nada de banquetes. Para os geminianos, o melhor é se alimentar várias vezes ao dia, em pouca quantidade. Os nativos desse signo adoram inventar e procuram sempre temperar a comida com misturas criativas. A comida deve ser bem variada e colorida.
CÂNCER
Os cancerianos são bastante suscetíveis e se alimentam de acordo com seu estado emocional. É muito difícil prever o que vai pedir. Muitas vezes, apresenta paladar infantil como meio de se sentir seguro e aconchegado. Condimentos sofisticados não são bem-vindos.
LEÃO
Para os leoninos, o importante é ter companhia à mesa. Banquetes luxuosos e excessos são ótima opção. Leão quer tudo do bom e do melhor. O gosto para bebidas obedece a mesma lógica.
VIRGEM
Esse é o signo mais difícil de satisfazer. A perfeição é a meta até na hora de comer. OS nativos desse signo estão sempre atentos à qualidade da comida. Por isso, nada de ir comer qualquer coisa. Ir a bons restaurantes é sempre um bom programa.
LIBRA
Os librianos adoram petiscar. No entanto, pratos bem equilibrados, com todos os elementos essenciais, são sempre uma boa pedida. Quando não está bem, pode tender ao desequilíbrio mas isso quase nunca acontece.
ESCORPIÃO
Sua alimentação também depende do estado emocional. Quando está bem adora experimentar novos sabores. Mas quando está de baixo astral pode até perder o apetite. Os escorpianos podem passar um tempo se alimentando de um mesmo prato. Quando enjoam, vão em busca de uma nova paixão. Doces são sempre bem-vindos.
SAGITÁRIO
È o signo do excesso. Os sagitarianos variam seu gosto, mas adoram alimentos pesados. Quando exageram, investem em frutas e saladas.
CAPRICÓRNIO
Os nativos desse signo primam pelos gostos exóticos. As comidas bem preparadas e trabalhosas são sempre um sucesso. Mas nada de exagerar nas misturas. O chocolate é a melhor opção para sobremesa.
AQUÁRIO
Os aquarianos gostam de apreciar o que comem. Por isso, raramente comem muito. Grãos, cereais, raízes e vegetais são bem recebidos. A sobremesa, de preferência, gelada.
PEIXES
O signo é instável. Pode comer de tudo quando está bem, mas quando está pra baixo come além da conta e escolhe alimentos pouco nutritivos. As massas são neutras e, por isso, são bem-vindas em qualquer momento.

Me diz qual é o teu signo e se isso combinou com você.

26 de dez de 2011

Com a boca na botija

Depois de esquartejar o pato
Iluminada por Santa Luzia
Abandonei os talheres
Devorei a carne
Triturei os ossos
Lambi os dedos
E os beiços
Estava saciada!

E do outro lado, Preto Velho
Fumando o caximbo sossegado!

25 de dez de 2011

Feliz Natal

Passamos o natal em casa, à dois.
Confesso que senti falta da muvuca lá de casa, do entra e saí de gente, das confusões de família, do estresse de ter que comprar presentes, e ainda daquele presente que deixamos pra última hora.
Nosso natal foi bem calmo, à luz de vela, com comidinha gostosa e vinho.
E eu fui chef por um dia na cozinha daqui de casa.
O menu escolhido para o natal foi:
Pato com laranja
Arroz
Bolo de Chocolate
Vinho

E o seu qual foi?

22 de dez de 2011

Personalidades & Palavreados

Da sessão ¨vale a pena ler de novo¨

04/09/2005
Quando eu era criança, minha mãe dizia que eu não podia assoviar depois das 18 horas, pois se fizesse isso a Matinta Pereira (mulher que vive na mata) ia aparecer e eu não ia dormir de noite.

Eu não fazia isso de jeito nenhum, pois tinha pavor da Matinta Pereira.
Eu também tinha medo do porrudo (grande) Bola Sete (homem gigante, não era do bem). Ele morava em um galpão na rua de casa. Sempre que eu aprontava alguma, minha mãe ou meus irmãos e irmãs mais velhos ameaçavam-me, dizendo que iam chamar o Bola Sete.
Esses personagens, assim como Papai Noel (esse não precisa), fizeram parte do imaginário da minha família durante muito anos. Como filha caçula de seis, fui a última a descobrir que eles não existiam.
Ah lembrei de outra personalidade, o Rubilota (homem, louco, corria atrás das pessoas a noite)esse existia de verdade e eu tinha muito medo!!!
Benedita Pelada (mulher com distúrbio mental) e o Camarão Frito (homem muito branco, ficava vermelho quando andava ao sol, e virava uma fera quando chamavam de camarão, falava um monte de palavrões)
Depois cresci, fiquei mocinha, esse imaginário popular foi sumindo da minha cabeça. Também eu não tinha mais miolos para pensar nisso, pois eu vivia numa cuíra (ansiedade) danada para arrumar um namoradinho. Tava igual aquela música “ela só quer, só pensa em namorar, ela só quer, só pensa em namorar”.
Nessa fase, os hormônios estavam aflorando, e eu tinha que me cuidar, para não ter inhaca (cantiga, cecê). Então já no raiá do dia(de manhã cedo) eu tomava meu banho e me enchia de catinga de mulata (planta cheirosa, já foi perfume). Ao tardar o dia, fazia a mesma coisa e ia para a praça.
Quando eu ia para a Zagury (Foi um homem famoso, virou nome de Praça), eu ia para bem pertinho do Rio e pedia para os caruanas(espiritos do bem que moram no Rio) espantarem a panema (sem sorte) que tava levando. E quando chegasse a piracema (fartura) de rapazes, pedia que não aparecesse um rapaz massaranduba (pessoa mal educada) para mim.
Agora mulher, quando vou em Macapá, fico louca para comer peixe frito, camarão e uma tigela de petróleo (açaí)Égua (expressão popular, com vários significados dependendo da entonação, aqui quer dizer boa) da comida porreta (boa, jóia)!!!
Na Fazendinha (nome de um Distrito em Macapá, lugar onde tem restaurantes de comidas tipicas, é também um balneário)quando como camarão no bafo (prato típico que se come com as mãos)nem me importo com o pitiú (odor forte do camarão, peixe, frango, outros) nas mãos...

18 de dez de 2011

Música na rua

Passeando pela cidade velha, nem tudo é consumismo no natal.
Tem coral, tropete, trombone e muito mais.
Uma deliciosa melodia para aquecer a alma!
Posted by Picasa

No Mercado de Natal tem...

Essa loja é tudo de bom. Tem um cheiro maravilhoso de chá, especialmente o de frutas vermelhas, aí tem as maravilhosas canecas e chaleiras, e depois vem as especiarias que deixa qualquer apreciador@ da arte gastrônomica maluc@.
Para ver a tabela completa é só clicar em cima dela, tem muitas fotos!
Tabblo: Casa de Chá, Balas e Especiarias

O Mercado de Natal em Heidelberg

Ontem foi dia de passear, tomar vinho quente e comer sanduiche de salsinha assada na brasa.
Claro, gastar um pouquinho com coisas para casa e para presentear pessoas queridas.
Acho que as fotos não falam a essência do Mercado de Natal para quem não mora por essas paragens, mas é um programa muito bom, que ilumina mais o nosso inverno e aquece o natal.
Gostamos!
Para ver todas as fotos da tabela é preciso clicar em cima dela, ok?
Tem muitas fotos.
Tabblo: Christmas Market in Heidelberg - 2011
See my Tabblo>

13 de dez de 2011

Um final de semana em Bruxelas

Hoje aconteceu uma tragédia na cidade de Liége, Bélgica.E pensar que...
No último final de semana fomos à Bruxelas. É a terceira vez que vou lá. Mas sempre é muito corrido, pois só viajo para passar o final de semana. Das 3 vezes que fui lá, essa foi a primeira vez que não choveu.
Foi muito legal.
Chegamos na sexta por volta de 21.30hs. No caminho da estação de trem até o hotel, deu para sentir a diferença de uma sexta-feira noturna de cidade grande para uma cidade pequena. Tinha até congestionamento de trânsito, e já era mais de 9.30hs da noite.
Fiquei empolgada!
Deixamos as malas no hotel e saímos para passear um pouco e procuramos um lugar onde pudessemos tomar um vinho ou champanhe. Muitas pessoas caminhavam pelas ruas, havia uma movimentação que sinto falta aqui em Heidelberg.
Só encontramos um barzinho no caminho, que estava lotado, e decidimos voltar para o Hotel e tomar o vinho lá.
Sábado foi meio preguiça, acordamos tarde, passeamos um pouco, almoçamos (comidinhas deliciosas), Flavio foi trabalhar e eu fui olhar vitrine de lojas, mas o frio me deixa muito cansada, ou então, já não tenho o mesmo pique. Voltei para o hotelante das 4.30 da tarde.
De noite fomos comer algo bem típico, mexilhões com batata frita e andamos um pouco pela cidade velha.
Tivemos a sorte de ver um espetáculo maravilhoso de jogo de luzes ao som de música clássica.
Foi lindo e emocionante, mas infelizmente não fiz fotos. Minha máquina não tem uma resolução noturna boa.
Domingo foi o dia de voltar pra casa.
Aqui compartilho meu álbum de fotos antigas e atuais de Bruxelas. É só passar o mouse em cima da foto para entrar no álbum.
As últimas fotos do álbum são das deliciosas comidinhas que experimentamos lá.
Bom apetite!

Bruxelas



































































































































10 de dez de 2011

Dia dos Direitos Humanos

Eu tô em Bruxelas e com tempo limitado para internet, mas eu tinha postar alguma coisa sobre o dia que celebramos a Declaração Universal dos Direitos Humanos.
Então aqui vai algumas dicas:
Vídeo com um debate super interessante e importante
A Declaração na íntegra:
http://www.dhnet.org.br/direitos/deconu/textos/integra.htm

E outro síte, mas em inglês, onde você pode fazer um desejo, escolhendo uma fatia do bolo. Cada fatia representa um artigo da declaração universal de direitos humanos.
http://www.celebratehumanrights.org/#

Então vamos celebrar esse dia!

5 de dez de 2011

Batom, gostas?

Batom? Sim eu gosto.
Me acho pálida, aí sempre uso batom, de preferência rosa escuro, vermelho, laranja, vinho.
Já tive batom cor de boca, gloss, mas hoje em dia me acho mais bonita com batom vermelho.
Não me importo em deixar marca em copos, xícaras e taças...e até no meu marido.
Só quero mesmo é dar uma corzinha na boca.
Tenho tido a impressão que usar batom mais escuro, que não seja cor de boca está fora de moda. Observei isso no Brasil, em amigas, em celebridades na tv, nas revistas, embora tem o lance do fotoshop.
Aqui na Alemanha, também tenho observado, e vejo muitas mulheres usarem apenas protetor labial ou hidrante incolor.
Questão de gosto nãos e discute, mas acho batom incolor tão sem graça.
Gosto do brilho molhado do gloss, mas acho tão grudento.

Quantos batons você gasta por ano? Já pensou nisso?
Eu pensei e acho que gasto 2/ano. É que sempre uso mesmo batom até acabar, e sempre tenho um reserva. Esse ano já se foram 1 e 1/2, e ainda tenho 2 batons que estão pela metade. Um uso no dia a dia, e o outro, um vermelho sangue, uso só em ocasião especial ou quando tô afim de levantar o astral.
Não uso batom quando estou em casa.

E só para mudar um pouquinho de assunto e expor mais uma das minhas pavulagens, no final de semana pintei minhas unhas de marinho, da coleção verniz e cor de um esmalte brasileiro. Gostei :)

Então finalizando, esmalte escuro, gosta?

2 de dez de 2011

Zeca Balieiro para alegrar meu weekend

A sexta começa com a comemoração do dia do samba e como eu adoro essa música do Zeca Balieiro, Samba do Approach, compartilho aqui com vocês o vídeo e a letra .
E vamos celebrar...
 Samba Do Approach - (Zeca Baleiro)

Venha provar meu brunch
Saiba que eu tenho approach
Na hora do lunch
Eu ando de ferryboat...

Eu tenho savoir-faire
Meu temperamento é light
Minha casa é hi-tech
Toda hora rola um insight
Já fui fã do Jethro Tull
Hoje me amarro no Slash
Minha vida agora é cool
Meu passado é que foi trash...

Venha provar meu brunch
Saiba que eu tenho approach
Na hora do lunch
Eu ando de ferryboat...(2x)

Fica ligado no link
Que eu vou confessar my love
Depois do décimo drink
Só um bom e velho engov
Eu tirei o meu green card
E fui prá Miami Beach
Posso não ser pop-star
Mas já sou um noveau-riche...

Venha provar meu brunch
Saiba que eu tenho approach
Na hora do lunch
Eu ando de ferryboat...

Eu tenho sex-appeal
Saca só meu background
Veloz como Damon Hill
Tenaz como Fittipaldi
Não dispenso um happy end
Quero jogar no dream team
De dia um macho man
E de noite, drag queen...

Venha provar meu brunch
Saiba que eu tenho approach
Na hora do lunch
Eu ando de ferryboat..