18 de ago de 2011

Cafilote Paraense

Delícias paraenses para um cafezinho ou cafilote no final da tarde com a família:
Capuccino, bolinho de tapioca, tapioquinha, bolo cuca e pão de queijo.
Adoroooooooo!

7 de ago de 2011

Os restaurantes no meu bairro

Heidelberg é...
uma cidade universitária, pequena, mas é considerada uma cidade internacional, devido ter muitos imigrantes e de todas as paragens do mundo.
A vantagem disso é que conhecemos pessoas de vários lugares e também experimentamos comidinhas diferentes e de outras paragens também. Adoro isso!
Posted by Picasa

Aqui no bairro onde moro, tem muitos restaurantes, já fui em quase todos.
Temos opções da gastronomia internacional, que é como se tivessemos com o pézinho em um outro país.
Saindo de casa, basta virar a esquerda, e uns 3 minutos a pé temos um restaurante indiano com uma margarita de manga maravilhosa, e quase do lado tem um restaurante italiano e uma lanchonete turca.

Virando a esquerda, tem restaurante moderno, é alemão, mas tem tapas e sangria, dando um arzinho espanhol. Gosto muito desse restaurante, é um dos meus preferidos. A comida é boa e tem ótimo atendimento.

Seguindo uns 10 ou 15 passos adiante, existem três restaurantes tipicamente alemães, prato grande, muita comida.
Dobrando a direita, mais alguns passinhos, temos outro restaurante alemão com comida contemporânea. Mas na última vez que estive lá me decepcionei muito. Do lado dele tem um espanhol, que vive lotado, é preciso fazer reserva com antecedência, mas a comida é maravilhosa. Vale a pena.
E um pouco mais adiante, virando a direita temos dois hotéis-restaurantes, um chamado leão de ouro e outro chamado Rose. Sem comentários, pois nunca estive lá.
E quase em frente tem um chinês, que ainda quero conhecer.

Ih, ia esquecendo, tem 3 pizzarias tipo pronta entrega.
E ainda tem 4 cafés.

Tem uns barzinhos, só vendem bebidas e nada de comida. O cheiro de cigarro é tão forte que não precisa nem entrar para ficar intoxicado. Acho esses lugares bem baixo astral e feio, por isso não fiz nenhuma foto.

Heidelberg tem tudo isso e muito mais.

4 de ago de 2011

Em Heidelberg tem...

Biblioteca livre na rua principal. Eu já falei da biblioteca livre de Bonn aqui, mas não custa nada repetir, mas a de Heidelberg não tem porta, e ainda, é maior.
Funciona assim: não tem funciionária(o) para controlar entrada e saída de livros.
As pesssoas podem deixar e pegar livros a qualquer hora. Tem livros novos, velhos, ruins e muito bons.
Quem controla os livros é a consciência de cada pessoa.

Na rua principal tem música clássica, belíssima. E pode ser de graça, tem gente que não dá nenhuma moedinha.
Outro dia estava saíndo da biblioteca, super cansada e louca para ir pra casa, quando escutei essa Vivaldi, foi um banho cultural nos meus ouvidos, parei por cinco minutos e ainda escutei Beethoven. Paguei um euro voluntariamente.

As crianças adoram, ficam encantadas com os instrumentos musicais e a melodia.


Adoro isso!