30 de out de 2012

Isso é tão Itália e eu adoro!

Eu já vi em filmes, já tinha visto em Roma, e confirmei em Veneza, Murano e Lido, as roupas penduradas ao alto.
Eu acho legal, as que dão um charme especial nos casarões, prédios, nos canais, etc.

No verão, quando lavo os tapetes, eu penduro na sacada, já percebi que sou a única que faço isso aqui nas redondezas, até comento com o marido: hoje a italiana baixou aqui. A/Os alemães devem pirar comigo,  eh eh eh!
Mas são só os tapetes, e é no verão, seca rápido.

29 de out de 2012

Filmes em Veneza

Coincidentemente, logo depois que eu cheguei de viagem, assisti dois filmes que se passam em Veneza.

Casanova é uma comédia romântica com Heath Ledger. Ele estava ótimo neste filme. Pena que partiu tão cedo :(
O filme é um pastelão, mas divertir  fiquei lembrando dos lugares que visitei em Veneza.

The Italian Job, é uma refilmagem com o mesmo nome. É um filme de ação.
Eu tive a sensação de que estavam imitando outro filme, 11 homens e um segredo, mas tudo bem.
Também gostei de ver as cenas de Veneza.

Deu para perceber que eu voltei apaixonada por Veneza, não é mesmo?

Outros filmes com cenas em Veneza:

 Já assisti, e gostaria de rever

Não vi, mas gostaria de ver.
Eu sei que tem outros filmes, mas eu não consigo lembrar no momento, se você souber de algum, escreve aí nos comentários para eu incluir na minha listinha.

27 de out de 2012

As comidinhas de Veneza

Você já deve ter percebido que eu e o maridón somos bons de boca não é mesmo?
Foram tantas comidinhas gostosas em Veneza, que eu engordei 1,5kg em Veneza.

O nome dos pratos eu não anotei, e só lembro do tramezzino (sanduiche de pão de forma, maravilhoso).
Em português eu lembro de alguns pratos: bacalhau cremoso, bacalhau ao molho de tomate, torta de banana com chocolate, bolo de damasco, bolo de cenoura, sardinha, creme brullé, sopa de feijão, feijão, pizza 4 queijos, diversas pastas,e etc.

Aqui tem uma pequena demosntração, porque eu adoro tirar fotos de comida. Voilà!


25 de out de 2012

Não ao Etnocídio dos Guarani Kaiowás

Um movimento em favor dos Guarani-Kaiowás tem acontecido em vários lugares e também nas redes sociais.
Eu também apóio a causa e decidi escrever um pouco sobre isso aqui.

Para entender melhor, sugiro a leitura da Carta da comunidade Guarani-Kaiowá de Pyelito Kue/Mbarakay-Iguatemi-MS para o Governo e Justiça do Brasil

Nós (50 homens, 50 mulheres e 70 crianças) comunidades Guarani-Kaiowá originárias de tekoha Pyelito kue/Mbrakay, viemos através desta carta apresentar a nossa situação histórica e decisão definitiva diante de da ordem de despacho expressado pela Justiça Federal de Navirai-MS, conforme o processo nº 0000032-87.2012.4.03.6006, do dia 29 de setembro de 2012. Recebemos a informação de que nossa comunidade logo será atacada, violentada e expulsa da margem do rio pela própria Justiça Federal, de Navirai-MS.

Leia  a carta na íntegra aqui


A situação de violência contra os povos indígenas não é de hoje, e a cada dia a situação piora.
FIAN já fez uma petição online em 2008 a favor dos Guaranis, mas parece que a situação vem piorando.

Recentemente foram criadas duas petições que você pode assinar, quantas mais gente assinar melhor. Não custa tentar, né?


Uma petição é coordenada pelo CIMI e Juizes para a Democracia, com a campanha ¨Eu apóio a causa indígena¨
Você pode assinar a petição aqui: http://www.causaindigena.org/index.php

A outra petição online está hospedada no síte AVAAZ, com a campanha Salvemos os índios Guarani Kaiowá - URGENTE, que você pode assinar no link abaixo:
http://www.avaaz.org/po/petition/Salvemos_os_indios_GuaraniKaiowa_URGENTE/

22 de out de 2012

Porque Veneza...

Comemorar os 12 anos de amor e viajar para Veneza foi uma dessas coincidências maravilhosas que não poderia ter vindo em melhor hora.

Flavio foi convidado para dar uma palestra em Lido, uma das ilhas que fazem parte de Veneza.
Ele me convidou para ir junto e ficamos 6 dias de férias em Veneza, antes da palestra dele.

Nós fomos para Veneza de avião, saímos de Frankfurt e o vôo dura uma hora, eu acho.
Tem a possibilidade de ir de trem também, uma amiga fez e gostou.

Eu gostei muita dessa viagem, passeamos bastante, comi bem e nos divertimos a bessa. Foram férias mesmo.
Essa foto é de Veneza quando o avião já estava se aproximando da ilha.

Do aeroporto até Veneza, pegamos um ônibus e saltamos em frente a estação de trem. Nosso hotel não era longe, mas como chegamos já noite, e era nossa primeira vez, decidimos pegar o vaporeto e descer próximo do hotel do que ir andando.

Vaporeto é ônibus d´água!
É um barco, é o transporte público muito comum, mas caro, custa 7 euros .
Nós só usamos o vaporeto 5x, uma para ir para o hotel, para ir e voltar de Murano, para ir para Lido e ir de Lido para o Aeroporto.
A foto da esquerda, estou na frente de uma das paradas do Vaporeto e a da direita, dentro do próprio.

Agora que eu posso dizer que pisei em Veneza, antes que ela afundasse de uma vez.
E olha que apisada foi boa, pois nós andamos muito!
Passamos o dia inteiro andando por Veneza, acho que conhecemos praticamente toda a ilha de Veneza.

Essa foto foi feita quando a maré encheu, e inundou várias partes da ilha.
Eles estão tão acostumados com a inundação que já tem algumas pontes desmontáveis nos principais locais de turismo e onde alaga. Quando a água seca, as pontes são dobradas e as pessoas caminham na calçada seca.
Sem contar com a venda das botas descartáveis de plástico e as galochas.
Essas botas ajudam muito se tiver que passar por algum lugar com a perna imersa em quase meio metro de água.
Mesmo assim Veneza está sempre lotada de turistas, para o desespero de moradores de lá.

21 de out de 2012

12 anos em Veneza!


Nesse mês, deste ano, fomos comemorar os 12 anos que estamos juntos em Veneza.
Foi lindo!

Depois eu vou postar mais fotos e conto alguns detalhes da viagem.
Agora preciso que as férias acabaram, preciso colocar primeiro trabalho em dia, depois vem o hobby, e as redes sociais.

13 de out de 2012

Viajar é bom demais!


12 de out de 2012

Os meus lenços

Entre os mimos que já ganhei,  alguns são lenços/encharpes, e eles têm sido super úteis, tanto para o pescoço, como para a cabeça.
Gosto mais de usar lenço do que peruca.
Alguns lenços são próprios para quem perdeu os cabelos, outros são encharpes que eu coloco na cabeça.
Compartilho aqui algumas fotos:
Esse cor de rosa, no centro da tabela, é o meu preferido.

7 de out de 2012

Desjejum de Domingo

Smoothie antioxidante.
Café com leite e mangolinho.

Receita do smoothie antioxidante: bater iogurte semi natural com morango, mirtilo, framboesa e mel. Acrescentar uma colher pequena de aveia, chia e linhaça. Jogar por cima ameixa amarela e roxa picada e 4 mirtilos (por que eu adoro!)
Mangolinho é a versão popover do mangolão, que é o bolo de povilho/tapioca com queijo.

Antes que me perguntem o que é antioxidante, aqui vai uma pequena explicação:
 Antioxidantes são substâncias que podem proteger as células de danos causados pelos radicais livre. Radicais livre danificados podem causar câncer. Os antioxidantes interagem com radicais livres estabilizados e  podem ajudar a prevenir o câncer   

A bacaba, como eu falei nos posts anteriores é considerada um alimento antioxidante.
Eu também já publiquei uma listinha de alguns alimentos antioxidantes neste link aqui

E você o comeu o quê no desjejum hoje?

6 de out de 2012

A super poderosa bacaba!

Eu esqueço que o Brasil tem uma diversidade enorme de frutas, e algumas são totalmente desconhecidas da sociedade brasileira.
Eu estou sem tempo para explicar melhor sobre a bacaba, então eu fui no santo google, e encontrei estas informações:

Bacaba é um fruto gorduroso originário da bacabeira, palmeira nativa da região de onde se extrai um vinho de cor acinzentada, muito saboroso.
A bacabeira tem o tronco solteiro, liso, que cresce até 20 metros de altura e é marcado por anéis correspondentes às cicatrizes. Suas folhas são pinadas, crespadas e medem de 4 a 6 metros de comprimento. Possui também uma bainha verde-escura, que mede cerca de um metro de altura, formando a região colunar no ápice da estípite. Seus ramos são foliados (cerca de cem), de ambos os lados da folha, mais ou menos pendular, medindo de 30 a 100 cm de comprimento.
Possui flores unissexuadas, geralmente uma feminina para duas masculinas, inseridas em toda a extensão do ramo do apódice. 
Apresenta cachos robustos (cerca de 1,5 metros de comprimento) com frutos arredondados de 1,5 cm de diâmetro; casca de cor roxo-escura (quase preta) e fruto de aspecto oleoso. Tem como habitat ideal a mata virgem alta de terra firme e também de várzea.
Utilizando-se do mesmo processo aplicado para a obtenção do açaí, prepara-se o vinho da bacaba, que é consumido, comumente, com farinha de mandioca e açúcar.


5 de out de 2012

Bacaba contra o câncer

Bacaba , quem diria, é considerada uma super fruta, e com propriedade anticancerígenas. Finalmente seu valor é reconhecido na comunidade científica.

Os efeitos da bacaba contra o câncer foram descobertos recentemente por uma nutricionista brasileira, a Dra. Fernanda Abadio. 

Dra. Fernanda concluiu o doutorado na Universidade de Hohenheim, aqui na Alemanha e até ganhou o prêmio com sua descoberta. 
Sobre os poderes da bacaca na prevenção e tratamento do câncer, Dra. Fernanda disse em entrevistas que li:
  "Não significa cura, mas norteia futuras pesquisas sobre de que forma a bacaba pode modular a prevenção da doença
"Embora a bacaba perca para o açaí no teor de antioxidantes, está bem à frente do mirtilo ou da cereja, que são alimentos reconhecidos como funcionais, mas de acesso mais difícil no Brasil"
Eu tenho muitos motivos para ter ficado feliz e na maior pavulagem com os resultados da pesquisa:
-  Adoro bacaba, gosto mais de bacaba do que açaí;
-  A bacaba será mais uma fruta, agora considerada super fruta no combate ao câncer, e esta fruta é lá da Amazônia;
- Dra. Fernanda é mulher,  brasileira e colega de profissão que merece todo o reconhecimento profissional que tem direito e ainda mais um pouco.


E já que estou falando de bacaba, sabia que a capital do Amapá, Macapá, tem esse nome de origem tupi e que significa uma lugar de abundância de bacaba?
Mas essa abundância, infelizmente, eu não tenho visto por lá, que pena!

3 de out de 2012

Como eu escrevo aqui

Na maioria das vezes é muito expontâneo.
Do nada, vem uma idéia e eu escrevo alguma coisa.

Às vezes matutando uma idéia, penso, penso e não sai nada.
Já aconteceu de tá na rua, e eu vejo algo ou alguém, então vem a inspiração. Quando chego em casa, sento e escrevo.

Algumas vezes, eu escrevo 2 ou 3 posts de uma vez só. Programo a data de publicação, ou salvo como rascunho,este é um exemplo de post rascunho para quando eu não tiver tempo de postar, só para não deixar o blog largado.

Mas devo confessar, que de vez em quando me pergunto até quando vou continuar escrevendo aqui e se vale a pena blogar, tem horas que dá uma preguiça....