2 de dez de 2014

Dezembro, então é natal

Chegou dezembro, chegou natal.
As ruas já estão mais iluminadas, com luzes e desenhos natalinos.

O mercado de natal, aqui em Heidelberg, é o passeio inevitável, seja para tomar um vinho quente, comer, comprar um artesanato ou apenas passear.

Aqui em casa, a decoração é tímida. Acho lindo e admiro quem gosta de arrumar a casa para o natal, mas eu morro de preguiça.

Hoje decidi tirar os panos e porta-vela do armário. 
Tudo é pequenino, a árvore, o presépio, as velas... Gosto assim.
Agora está faltando as velas do advento. Cismei que quero ter na minha decoração essas velas. 
Assim que melhorar da gripe, vou comprar. Espero que ainda tenha para vender, pois o primeiro domingo do advento já passou.
 

3 Comente aqui:

Rosivone disse...

Penso igual! Tudo simples e pequeno sem grandes trabalhos! Que Advento é esse?

Fernanda disse...

Muito acolhedor, Rô!
Beijinho

Vanvan disse...

Aqui no Rio de Janeiro temos uma árvore de Natal enorme montada dentro da Lagoa Rodrigo de Freitas. Toda vez que vejo me emociono, aliás o Natal é uma mistura de alegrias e muitas saudades do meu pai. Beijos!
Van Van