26 de fev de 2014

Faixa Amarela na quimo

Nos últimos dias eu sofri com o gosto de metal na boca, o que altera meu paladar e reduz meu apetite, e quando passou os efeitos dos medicamentos contra náusea e vômito eu fui acometida pela fadiga. Tudo em decorrência da quimoterapia.

Hoje, depois que tomei meu café e o gosto de metal já tinha saído pelo fiofó, fiquei animada. Peguei dois cds, um de pagode e outro de forró, e fiquei escutando para escolher a música que vai tocar na rádio do meu coração hoje na quimo.

Eu escolhi um pagode, porque já é carnaval no Brasil. Eu escolhi Zeca Pagodinho, porque simplesmente sou fã dele. E eu escolhi faixa amarela, porque minha carteira de guerreira na nova clínica é amarela. E ainda para completar a música fala de comida.
No final da letra, tem 2 estrofes que eu não gosto, vou deixar só a parte inicial, o resto aconselho abstrair e dançar, ok?


Eu quero presentear 
A minha linda donzela 
Não é prata nem é ouro 
É uma coisa bem singela 
Vou comprar uma faixa amarela 
Bordada com o nome dela 
E vou mandar pendurar 
Na entrada da favela 

Vou dar-lhe um gato angorá 
Um cão e uma cadela 
Uma cortina grená para enfeitar a janela 
Sem falar na tal faixa amarela 
Bordado com o nome dela 
Que eu vou mandar pendurar 
Na entrada da favela 

E para o nosso papá vai ter bife da panela 
Salada de petit-pois, jiló, chuchu e "bringela 
Sem falar na tal faixa amarela 
Bordada com o nome dela 
Que eu vou mandar pendurada 
Na entrada da favela 

Vou fazer dela rainha do desfile da Portela 
Eu vou ser filho do Rei, e ela minha cinderela 
Sem falar na tal faixa amarela 
Bordada com o nome dela 
Que eu vou mandar pendurada 
Na entrada da favela 


22 de fev de 2014

Amor , Amizade e Solidariedade

Eu não virei política,
Eu não não ganhei na mega sena,.
Eu não nasci rica, não sou rica, e nem famosa.
As pessoas não precisam me bajular pelos motivos acima.

Eu tenho câncer de ovário e faço tratamento contra este mal nefasto, que eu chamo de meu inimigo, carcará, sanguinolento, depende do meu humor.
O câncer não foi um presente na minha vida, mas o que veio em consequência foi um maravilhoso presente.

Recebo quase que diariamente mensagens de carinho, força e fé da família, amigas (os). conhecidas (os) e até desconhecidas (os).
Essas palavras são doses diárias de alegria, força e esperança. E me animam muito.

A luta não tem sido fácil, mas sigo adiante com toda a energia e força vindo da solidariedade e do amor das pessoas para comigo.
Sou eternamente grata a todas as pessoas,  que não querem nada em troca, mas são solidárias comigo.

Penso que as pessoas deveriam mostrar seu amor mais vezes, não só comigo, mas para com as pessoas também. Todos os dias e a qualquer momento.
É muito bom se sentir amada, querida enquanto estamos vivas.

Como cantou Renato Russo:
É preciso amar as pessoas
Como se não houvese amanhã
Porque se você parar para pensar,
Na verdade não há
Façamos isso mais vezes!

20 de fev de 2014

Vumbora amar

Música da quimo, hoje. Vamos dançar, pular com Chiclete de Banana, porque eu sou Chicleteira!

Vumbora Amar - Chiclete com Banana

O vento faz rendez-vous
No seu cabelo alinhado
Acostumado com meu embolado
Acho que o passo é do seu sapato
Dona Naná tá danada
O santo dela desceu
A jangada tá lavada
Entre nela mais eu
Vumbora amar
Embora mais eu
Vumbora amar
Embora mais eu
Eu deixaria a areia
Coberta de você
No seu cabelo enrolado
Leve um cacho de dendê
Salte que o salto
É do seu sapato
Passe que o espaço
É do seu cavalgo

13 de fev de 2014

Comidinha hospitalar alemã

Em janeiro passei uns dias internada em um hospital aqui em Heidelberg. Fiz um pequeno procedimento cirúrgico e tive que ficar uma semana em observação.
E como você já sabe, eu gosto de tirar fotos de comida, então aqui estão algumas das comidinhas servidas no hospital:
Desjejum

Almoço

Jantar
Posso dizer que minha alimentação neste hospital estaria classificada no Brasil como dieta livre.
A dieta livre no Brasil significa que não há restrições alimentares. É fornecida à pacientes uma alimentação normal.

O que você achou?
É muito diferente da comida hospitalar no Brasil? Ou de outros países?
Deixe aí sua opinião.

10 de fev de 2014

Eu sou brasileira e não desisto nunca

Hoje uma pessoa me falou que estava impressionada com meu espírito de luta pela vida e contra o câncer.
Na mesma hora, me veio à lembrança do bordão:
¨Eu sou brasileiro e não desisto nunca¨
E por sequência lembrei do Ronaldo, o fenômeno e do Herbert Vianna, dos Paralamas do Sucesso.
 No momento não consigo lembrar de alguma mulher assim com a fibra dos rapazes acima, você sabe?
Se souber, deixe o nome aqui, vou adorar saber.

7 de fev de 2014

Gender inequality: traffic signs that speak

Before writing about traffic signs and gender inequality, I think that I need to write a minimal explanation of gender and sex. But I don´t want to look like a teacher.

Gender is the result of socio-cultural rules that are (re)created and defined from the perception of what is feminine and masculine. In other words, what fits for women and men differently.
Gender is different from sex.
Sexr is defined by chromosomes XX (female) and XY (male).

Gender inequality is the social relations between men and women, can be seen for example in the wage gap between men and women, the unequal division of household chores,  in sports, etc..

Traffic signs, the issue at hand:
Since 2010, I have collected pictures of traffic signs in Germany, Italy and Switzerland.
Because I think that a simple detour or pedestrian crosswalk sign means much more than being aware of the traffic, but also reflects the context of the society in which we live.

While I was taking these pictures, I was reflecting about the images and how they are permeated with male chauvinism, and reinforce the stereotype of women as exclusively as mother, housewife, or/and caretaker of children.

This reflection is based on a course about gender, nutrition and the right to food that I took at Hohenheim University in 2010. I did not go in depth about this issue specifically at that time, I just sometimes shared with few friends, and now I decided to share here.
In some images, the figure of a man with a boy appears, are apparently in the street, playing ball, of course because traditionally only boys play ball. Girls are not supposed to!
Girls play with dolls, mini pans and inside of the house. However these statements are only social-culture gender roles.

I could think that this traffic sign represents the moment when the man is taking care of the child. But then, I could also conclude that he just takes care of the kid when they are playing!
Moreover, why they don´t include a traffic sign with a girl playing football too? 
Girls also play football!
See Marta, my Brazilian favorite soccer player.
The traffic sign that I see to the right depicts a woman with a child. The traffic sign indicates who the preference to go first. Usually this traffic sign is near a school. For me, this image indicates who is responsible for taking the child to school, to health care, and so on.

Last year when I was in Geneva, I saw the traffic sign below, and I really liked it, because, it shows that the father also has responsibility for the child, and that permeates the comings and goings to the school, and other care giver.
That's the way I see these pictures.
With the exception of the last one (the man with a child), the others were made ​​in different cities in Germany (Heidelberg, Roschbach, Frankfurt and Essligen).

I’ve asked different people what they think about these traffic signs, but they usually find them normal and they don´t  see the same way I see them.

In my point of view, the traffic signs reinforce gender inequalities.
I would like to know your opinion about this post?
If you can and want to comment anything about it, it would be really cool.

First published in Portuguese in 09/09/2012. And now in English with small changes.

6 de fev de 2014

Música de hoje na quimo

Hoje tem música inglesa:
That´s what friends are for
Canta comigo? O vídeo ajuda e a letra está logo abaixo.




And I never thought I'd feel this way
And as far as I'm concerned
I'm glad I got the chance to say
That I do believe I love you

And if I should ever go away
Well then close your eyes and try
To feel the way we do today
And then if you can remember

Keep smiling, keep shining
Knowing you can always count on me, for sure
That's what friends are for

For good times and bad times
I'll be on your side forever more
That's what friends are for

Well you came in loving me
And now there's so much more I see
And so by the way I thank you

Oh and then for the times when we're apart
Well then close your eyes and know
The words are coming from my heart
And then if you can remember

Keep smiling, keep shining
Knowing you can always count on me, for sure
That's what friends are for

In good times and bad times
I'll be on your side forever more
That's what friends are for

Keep smiling, keep shining
Knowing you can always count on me, for sure
That's what friends are for

For good times and bad times
I'll be on your side forever more
That's what friends are for

Keep smiling, keep shining
Knowing you can always count on me, for sure
That's what friends are for

For good times and for bad times
I'll be on your side forever more
That's what friends are for
(Thats what friends are for)

Link: http://www.vagalume.com.br/dionne-warwick/thats-what-friends-are-for.html#ixzz2sTBY4dmH

3 de fev de 2014

Livros que li em 2013

Está rolando um eme eme no facebook sobre livros que as pessoas mais gostam.
Eu não gosto de eme eme, mas fui colocada na roda.
Já indiquei os livros que li em 2012 aqui, sendo o meu preferido o da Alice no País das Maravilhas.
E agora vai a minha listinha dos livros que li em 2013.
Foram poucos livros, pois me dediquei ao doutorado e eu li mais livros relacionados ao assunto da minha pesquisa. Teve muitos livros bons e que gostei muito, mas prefiro compartilhar os livros para as horas vagas.
Dos livros que gostei muito, muito mesmo, foram:
- Food Rules, an eater´s manual - Michael Pollan. Este livro é especial, é meu livro de cabeceira. Tem ilustrações belíssimas, inspiradas nas de Matisse, e acaba lembrando as pinturas que usei para falar da minha luta contra o câncer aqui no blog.
- The Chef - Martin Suter . É um livro excelente que fala de comida, sexo e amor. Preciso dizer mais?
Os livros da Martha Medeiros foram presentes de pessoas super queridas, são bons livros, mas os preferidos ficaram mesmo com os que citei acima.

2 de fev de 2014

Alemanha ou Portugal?

Nos jogos de futebol em copas do mundo , quando o Brasil não está jogando, eu geralmente torço por algum time da América do Sul ou Central, ou da Africa.
Se a disputa é entre Alemanha e outro time europeu, eu torço pela Alemanha.
Mas agora encontro me dividida.

Desde o ano passado que voltei das férias em Portugal completamente de apaixonada por este país.
E a Alemanha vai jogar contra Portugal na Copa do Mundo 2014.
E eu, como perua que sou, já estou sofrendo de véspera. Para quem torcer?

Alemanhã é o país onde moro, o país que me acolheu, e que entre tantas coisas ruins, também tem muitas coisas boas.

Já Portugal, é o país que considero minha segunda terra. Minhas amigas e amigos se tornaram parentes. Além disso tem o Cristiano Ronaldo... tem o pastel de nata, o bacalhau, a cidade de Aveiro... ah são tantas paixões portuguesas.

Imagine que eu ando tão angustiada, que quando saí da cirurgia que fiz em janeiro, já estava me acordando do efeito da anestesia geral e o meu primeiro pensamento foi:
Preciso decidi se vou torcer para Alemanha, país de bons médicos, onde faço meu tratamento... ou se vou torcer para Portugal, onde meus patricíos lá estão.
 Oh vida difícil, Alemanha ou Portugal?