29 de jun de 2010

Despedida de solteiro e solteira na Alemanha

Aqui é não tem essa coisa de chá de panela, ou de cozinha ou chá-bar para dizer adeus a solteirice. Mulheres e homens também se despedem do status de solteira(o) de forma diferente.
As mulheres andam em grupos, às vezes usam roupas especiais ou apenas camisetas personalizadas para a ocasião. A pessoa que vai casar é diferenciada por um acessório, que pode ser um par de chifres, véu, uma frase na camiseta. Elas vendem coisas, tipo mini bebidas, camisinhas, balas...coisinhas baratas. Dizem que o dinheiro arrecadado é para ajudar a noiva. Quando abrem a boca...sai um bafo de bebida alcóolica intenso, pelo menos todas as vezes que fui abordada elas estavam alcoolizadas. Mas pode ter exceções.

A despedida dos homens também é bem parecida com a despedida das mulheres. Andam em bando, vendem coisinhas, fazem piadinhas, se vestem iguais, com algum destaque diferente para o noivo. Nunca fui abordada pelos homens, mas pelo que já vi, eles estão bem alegrinhos, talvez alcoolizados também.

Na despedida das mulheres, elas abordam homens e mulheres, pois eu e o meu marido já fomos abordados por elas. Mas, eu sozinha ou acompanhada, nunca fui abordada pelo grupo de homens. Não sei se eles só abordam homens.

Juntando a temática da despedida da solteirice de homens e mulheres na Alemanha e minha viagem a Berlim em um só post, vejam o que eu encontrei.

Quando saímos da Ilha dos Museus em Berlim e estávamos passeando pela calçada vi dois grupos praticamente ao mesmo tempo. As mulheres estavam vestidas estilo anos 60. E pegaram uma taxi-bike.
Os homens estavam vestindo camisetas pintadas com frases sobre o noivo, e ele vestia uma saia por cima da calça.

É fácil advinhar quem é a noiva e o noivo, não é mesmo?
Enfim, cada cultura, uma sentença.

26 de jun de 2010

Para além da Africa do Sul - o que está em jogo na copa?

Tenho pensado tantas coisas desde o jogo do Brasil e Costa do Marfim e queria escrever um pouquinho sobre isso.
Então acho que meu post poderá ter muitas frases desconectadas com indagações e/ou sem respostas, mas também um desabafo de uma pessoa que não entende muito de futebol, e aqui entre nós, só assiste o jogo na época da copa e quando o Brasil joga.

Por favor não leve nada para o lado pessoal daqui por diante.

A copa do mundo na Africa do Sul
Zacumi, mascote da copa 2010 é uma graça. É um leopardo. Onde eu li diz que representa a geografia, o povo e o espírito da Africa do Sul. Aqui tá a fonte.

Me diga, toda copa sempre tem um mascote, não é?. E o mascote, é sempre masculino ou não?
Eu não gosto muito de futebol, mas não acho que isso seja porque sou mulher. Minha irmã por exemplo, adora.
Assim como em outros setores, no futebol as mulheres estão sempre representadas desigualmente.
Se no estádio o sexo masculino está mais presente, é nas propagandas que as mulheres de se destacam, é de forma desleal, porque a sociedade ainda é dominada pelo homem.
Os corpos femininos são usados para vender ingressos, cervejas, passagens, comida e sexo. Os comerciais na época da copa ainda são ainda mais abusivos contra a imagem feminina.

Navegando por aí...vejo comentários machistas, sexistas e racistas publicados por homens e mulheres. Sem contar com incetivo a violência na hora do jogo.
Me pergunto, mas o objetivo de copas e olímpiadas não é de confraternização e promoção da paz entre os países, por que isso?
É em um simples comentário ou na (des)empolgação do jogo, que as pessoas expressão homofobias, machismos, sexismos, racismos e diversos tipos de preconceitos e estereótipos.

Alguns exemplos desse tipo de comentário extraídos durante os jogos do Brasil.

Caso Kaká:
O jogador se exaltou no jogo contra Costa do Marfim no dia 20.06, cometeu várias faltas e foi expulso.
Eu li por aí, muita gente criticando o juíz, mas o que mais me chamou a atenção foram as críticas sobre a religião de Kaká e a masculinidade dele.
Li algo assim "agora sim Kaká mostrou que é macho" ou em relação a religião "o diabo veste pele de cordeiro"
A religião e a opção sexual de Kaká não deveria ser exaltada pelo ato de violência do jogador.
Futebol é arte, e não um ringue, esporte que por sinal não vejo graça nenhuma também.

Caso Cristiano Ronaldo
Cristiano Ronaldo é um dos jogadores mais bem pagos do mundo. Já ganhou vários prêmios. Penso que deve ser um bom jogador.
Cristiano Ronaldo é um metrosexual assumido. Se ele é ou não homosexual, não é da minha conta e nem diminui ou aumenta o talento dele.
Mas a sexualidade é posta em campo porque ele é vaidoso. Ele gosta de se cuidar, se preocupa muito com a aparência dele. Mas, e daí? Só porque ele é homem ou jogador de futebol que ele não pode se cuidar?
Pô, o cara tem dinheiro, ele pode bancar o que ele quer, além de ser fruto do trabalho dele.
Por que ele tem que ser criticado por isso?
Enquanto ele não abusar da violência ou do poder para obter ganhos pessoais e financeiros, por que não deixar o cara pra lá? Afinal o corpo, o cabelo, a sombrancelha é dele...


Esses são apenas alguns exemplos de comentários preconceituosos que eu li por aí...mas tem muitos mais.


Mas, tem boas iniciativas também. Por exemplo:
Recebi um email com o título "Quem é Didier Drogba?". Li tudo e me encantei por ele.
Até o jogo do Brasil e Costa do Marfim  nunca tinha ouvido falar no Drogba.Eu descobri que Kofi Anan e Didier Drogba lançaram um guia alternativo para a copa do mundo.

O guia mostra dados estatístico usando indicadores de desenvolvimento socio-econômico, empoderamento de mulheres e de governabilidade. E ainda mostra pontos chaves para melhorar as condições sociais dos países ilustrado em uma lousa ou quadro escolar, com o desenho de um campo de futebol. Isso sim é que é bela jogada!!

Eu conferi os dados que comparam Brasil e Costa do Marfim, e digo são muitos interessantes.
Para quem se interessar em ler o guia, está em inglês  com o nome de Scoring for Africa, an alternative guide to the world cup 2010 e está disponível neste websíte:
http://www.africaprogresspanel.org/worldcup/

Quem merece ganhar essa copa?
Torço muito para o Brasil, mas...eu adoraria que Gana ganhasse.

E você o que pensa disso tudo?

25 de jun de 2010

Quitute e futebol

1ª publicação em 15.06.2010
 Republicado em 20.06.2010
Atualizado em 25.06.2010
Diga aí, qual quitute combina com o jogo do Brasil?
Pastel e caipirinha - uma das minhas opções
Mas eu comi bobó de camarão e tomei cerveja preta, no primeiro jogo do Brasil (15.06)
No Twitter (15.06 )

Eu sempre assisti comendo salgadinhos, mas como tô sozinha hj, vou de Pringles com coca...rs (via @MoanaYumi)
Vou fazer pão de queijo e talvez torta de liquidificar. Pra beber, caipi. (via @FrauGlaeser)
Hoje no twitter (20.06)
Infelizmente moro em apto, mas churrasco, cerveja e caipirinha é meu cardápio preferido =) (via @miltontoshiba)
Pipoca, pizza, cerveja, café. (via @meiroca)
Tucupi com jambu ( verde e amarelo).... (via @guinira)

Mas hoje (20.06) eu queria comer mesmo era feijoada.

Para hoje vou comer mamão. Depois coloco foto. Tô na correria para poder voltar para casa a tempo de assistir o jogo.
E você, que comida ou quitute combina com futebol? Tá valendo bebida também.
Diga aí...

23 de jun de 2010

Um pouquinho de Berlim

Esse bonequinho verde é um dos símbolos de Berlim.
O nome dele é Ampelmann, e é muito comum encontrá-lo nos semáforos da cidade.
Ele também marca forte presença em lembracinhas, tipo ima de geladeira, isqueiro, copo, chaveiro, postal, etc.
Ele também faz muita propaganda, neste caso, a propaganda é de aluguel de bicicleta.

E este rapaz, que não é o Ampelmann está vendendo sanduiche de salsicha. Sanduba de salsicha é um prato bem típico da Alemanha, mas vendendo assim na rua eu só vi em Berlim até agora. O sanduba custa a bagatela de 1,50 euros.
Ele usava esse guarda-chuva para se proteger.
Será que daqui há alguns anos vão chamá-lo de Wurstmann?
E farão dele um bonequinho e será vendido como símbolo de Berlim, que nem o Ampelmann...

21 de jun de 2010

Eu e a vuvuzela na maior pavulagem

E torcendo para o Brasil.
Um amigo do Flavio, que é de Gana, deu para ele de presente esta vuvuzela ano passado. Ela estava aqui em casa sendo enfeite de mesa. Como eu quase não assisto televisão, não sabia que a vuvuzela estava sendo muito falada. Só me dei conta quando li no twitter.
Então ontem, eu estava na maior empolgação para torcer para o Brasil, pintei as unhas de verde, vesti a camisa amarela e posei com a vuvuzela.
É muita pavulagem para esse pingo de gente não é mesmo?

18 de jun de 2010

Ah Berlim...ficou um gostinho de quero mais

Um dia, eu quero passar pelo menos 5 dias só desfrutando Berlim, sem nenhum compromisso.
Esta foi quarta vez que estive lá e sempre o tempo é curto para conhecer a cidade. Mas ao mesmo tempo, sempre que vou, faço alguma coisa diferente.
Em 2005, 2008 e 2010, fui para Berlim participar do mesmo evento que é sobre políticas de combate à fome. Todo ano tem um enfoque diferente.

Como políticas de combate à fome é um assunto que me interessa muito, então eu sempre participei do evento na íntegra e só aproveitei a cidade à noite ou quando prolonguei minha estadia por mais um ou dois dias.
Em 2005, foi minha primeira vez na Alemanha, eu ainda morava no Brasil. Mas deu para fazer o tradicional passeio pelos principais pontos turísticos de Berlim.
Esta foto foi no pedacinho do muro que dividia Berlim.

Em 2008, eu visitei outros lugares, como o memorial do holocausto.
Eu já estava morando aqui  na Alemanha há um ano, e fiquei bastante emotiva com as atrocidades que ocorreram na segunda guerra mundial.
Talvez um dia eu mude de idéia, mas por ora, não faço menor questão de visitar um campo de concentração aqui.

Em 2009, fizemos aquele mochilão de inverno, e começamos por Berlim.O único evento que participei foi da virada de ano.
Aproveitei muito Berlim em 3 dias.  Mas mesmo assim, ainda não deu para ver tudo.

Este ano (2010), estava incluído na programação do evento um passeio noturno de barco. É claro que eu não perdi a oportunidade, pois nunca tinha feito isso. E foi lindo demais.
O céu ainda estava claro, o calor agradável e a companhia de amig@s foi o melhor desta viagem.
Ainda vou preparar o álbum só com fotos do passeio. Me aguardem.

17 de jun de 2010

Crack devastando no Amapá. Vamos ajudar o Monte Tabor

Eu li no blog da Alcilene e republico aqui, porque acho isso muito importante.
A vida de uma pessoa viciada em drogas é muito triste e afeta todas as pessoas em volta.
Por isso é importante apoiarmos iniciativas como esta do Tom Sobral.

Crack devastando. Vamos ajudar o Monte Tabor por Alcilene Cavalcante em 17 de junho de 2010

A comunidade Monte Tabor, administrada pelo psicólogo Tom Sobral, precisa de ajuda.
Hoje, na comunidade, há 200 internos, e 80% deles estão em tratamento para superar a dependência em crack. Os outros estão em tratamento pra se livrar do vício em outras drogas e da dependência de bebidas alcoólicas.
O Monte Tabor vem sobrevivendo pela generosidade de amigos, familiares de internos, colaboração de ex-internos,  e, segundo Tom Sobral, uma ajuda ínfima da Assembléia Legislativa. Ele diz que há 8 anos na recebe nenhum tipo de ajuda do Governo do Estado.
Tom Sobral afirma que a taxa de recuperação deles é de 70%, que o trabalho é feito por especialistas e por ex-viciados recuperados, que ajudam os outros a vencer a dependência.
A comunidade está precisando de lençóis, toalhas, material de higiene e limpeza, gêneros alimentícios, combustível e dinheiro mesmo.
Empresas e pessoas físicas que quiserem colaborar podem fazer contato com o Tom, no telefone 9123-4875.
Vamos ajudar o Monte Tabor.

16 de jun de 2010

Estive em Berlim

Viajei na quarta-feira passada para Berlim.
Foi uma semana de muita coisas por aqui. Por isso não tive tempo de postar nada.
Mas quem me segue no twitter viu como eu estava ansiosa.
A parte...tô ficando viciada no twitter.

Berlim é tudo de bom.
Fui participar de um evento sobre políticas de combate a fome.
Foi muito interessante e eu encontrei com pessoas muito legais.
Ainda quero falar mais de Berlim, se tiver tempo.
As minhas plantinhas ficaram sem meus cuidados, ou ao Deus dará...mas ficaram bem bonitas.
Comprei uma bandeirola do Brasil em Berlim e já pendurei na sacada.
Porque amanhã tem BRASIL na copa.

7 de jun de 2010

É verdade que quem não tem criança não come brigadeiro?

Sabe aquele ditado "quem tem um amigo na praça não precisa de dinheiro".
Pois bem.... eu tenho uma amiga na praça, aliás, uma super/mega amiga.
Ela tem duas crianças, um menino e uma menina.
Quando tem aniversário por lá, eu sempre sou convidada, seja de gente graúda, como de gente miúda. Ainda bem. :)
Mas o que eu queria dizer mesmo é que: é  raro eu ir para aniversários de crianças, já que não tenho, e tão pouco sou convidada, então é raro comer brigadeiro em casa alheia.
Mas quando se tem uma amiga na praça que tem crianças em casa, e que faz brigadeiro no aniversário delas,  nunca deixa uma amiga, assim como eu, uma chocoholic, sem brigadeiro.

Então como o final de semana foi de sol e calor em Heidelberg, eu coloquei as pernocas de fora e fui para esse imperdível aniversário.

Considerando a oportunidade de comer brigadeiro e outras guloseimas brasileiras, cantar parabéns em português, alemão e inglês, e ainda,  rir muito. Eu não podia perder essa festa de jeito algum.

Mas é claro que essa festa só podia ser em casa brasileira. A bandeira do Brasil na sacada já indica como está o clima para a copa do mundo por aqui.

5 de jun de 2010

Meu sábado azul

3 de jun de 2010

Campanha: Carne, só se for legal.



 Eu achei muito legal essa campanha do Ministério Público Federal e estou aderindo.
A ideia é que os consumidores  e consumidoras passem a questionar a origem da carne. E que, conscientes da importância da sua escolha,  comecem a consumir  só  carne de origem legal - gado criado em fazendas legalizadas dos pontos de vista ambiental, social, trabalhista e fundiário.
SEJA LEGAL TAMBÉM NA HORA DE CONSUMIR.
CARNE, SÓ SE FOR LEGAL. 
Pense sobre isso:
  • Qual a origem da carne que eu consumo?
  • A carne que eu compro desmata a Amazônia?
  • Foi produzida com trabalho escravo?
  • Foi temperada com lavagem de dinheiro?
Encontre mais informações aqui nesse link
http://www.carnelegal.mpf.gov.br/