14 de jan de 2010

Heidelberg - Berlim

Meu mochilão, que na verdade foi uma malinha de rodinha, começou no dia 29 de dezembro, saindo de Heidelberg de trem em direção a Berlim, Jonas, meu enteado, Flavio e eu.
Nós já tínhamos idéia do nosso roteiro, mas só começamos a procurar hotel no dia 28 a noite, depois que fui liberada pela minha médica fazer a viagem, e isso é assunto para outro post.
Conseguimos o último quarto em um hostel (albergue). Foi díficil encontrar um lugar bom e barato para se hospedar. Berlim prometia ficar lotada.
No dia 29 fomos para a estação de trem às 10 hs, compramos todas as passagens e pegamos o trem das 12...tudo no improviso. Pense na correria que foi tudo isso...
Confeso que prefiro uma viagem mais tranquila, bem planejada, hospedagem um quarto legal, com banheiro, mas eu não tinha muitas opções, ou eu entrava nessa aventura junto com o enteado e meu marido ou eu ficava em casa sozinha.
Chegamos em Berlim no final da tarde, pegamos o metrô errado e fomos em direção oposta ao hostel, mas depois acertamos. Chegamos lá, no hostel, tudo estava bem tranquilo. O lugar era tipicamente juvenil, mas com tudo muito bem limpinho e organizado, e as pessoas que trabalham lá, eram super simpáticas.
O banheiro era coletivo, ous seja para o andar inteiro, devia ter uns 10 quartos por andar. Mas tinha banheiro para meninas e meninos separados.
Depois da nossa instalação no hostel, saímos para comer. Estava bem frio lá. Fomos em uma cervejaria super legal, grande com uma comidinha "boa" (é que eu já saturei desse tipo de comida aqui), mas meu enteado adorou. Ele comeu o típico joelho de porco.
No dia, 30, acordamos com Berlim coberta pela neve, tomamos um café delicioso no próprio hostel e saímos bem cedo para fazermos o tradicional passeio turístico. Postdamer Platz, Memorial do Holocausto, Charlie checkpoint, igrejas, torre de tv, entrar na KADEWE, etc. Fomos no Museu Judáico, depois eu fiquei em um shopping center, enquanto os rapazes foram no Museu do Holocausto.
A noite encontramos um casal de brasileiros que moram em Berlim e fomos tomar cerveja e comer pizza.
No dia 31, fizemos mais passeios turísticos, tentamos visitar a catedral e outros museus, mas não tinha mais ingresso. Só conseguimos ir no Museu da RDA e no Museu de História da Alemanha. Conhecemos a Topografia do Terror.
Comemoramos a virada do ano em frente ao Portão de Brandeburgo debaixo de um frio de doer, os rapazes tomaram cerveja e eu uma taça de sekt (proseco). Teve muitos fogos e foi legal.
Essa é a terceira vez que vou a Berlim, e eu gosto cada vez mais dessa cidade. Tem muita história para contar, é impressionante. Desde a 1ª guerra mundial, as atrocidades do Hitler, a Alemanha dividida pelo muro até a sua queda.
Os museus, monumentos, fragmentos e pedaços de papel que falam sobre tudo o que aconteceu nesse país, servem como um apelo para um mundo melhor, com paz, justiça social e direitos humanos.
Fiz um álbum com algumas fotos e estão aqui

Vamos fazer uma lista de filmes alemães que retratam a história da Alemanha?
Filmes que eu já vi e lembrei:
- Adeus Lenin, momentos antes depois da queda do muro
- O bom alemão, uma história pós  2ª guerra
- O leitor , história de amor pós 2ª guerra
- Inglorius Bastards -
- Um amor além do muro - história de amor e política na guerra fria
Nome do hostel que ficamos em Berlim:
HappyBed Hostel - Steglitz

4 Comente aqui:

Jannine disse...

Aiiiiiiiiiiiiii, vontade de conhecer Berlim aumentou. Depois vou ver suas fotos. Beijão.

Áurea disse...

Que legal Ane, deve ser bem interessante , só me lembra a história de amor de Luis Carlos Prestes e Olga Benário.
Te desejo um ano 2010 cheinho de aventuras, não esqueça de dividir com a gente. Um bjo Macapaense.
Áurea

Anônimo disse...

Assim vc. me mata de inveja....Ficoi feliz por vocês...mesmo!! FELIZ DÉCADA PARA TODOS NÓS.
P.S. Coincidência. Esta semana x]coloquei no meu caro para escutar o cd das "músicas preferidas da Ane e Flávio. Por sinal, que grnade bom gosto vocês tem. E mais, estou com o LEITOR locado para asistir.

Bjs,
Sara Neri

Anônimo disse...

Ane, ha tempos nao te visitava por aqui...hehe...Nao vejo a hora de poder conhecer o mundo tb... Imagino que deve mesmo ser maravilhoso conhecer a historia, vendo imagens, testemunhando situacoes in loco... Enfim, continue aproveitando e compartilhando com a gente... BjUsssss.... Feliz Ano Novo!!!! Marcelia.