22 de ago de 2013

Braga e Guimarães

Decidimos visitar duas cidades em um dia, e ainda encontrar uma blogueira portuguesa super querida. 
Só para constar: de Aveiro para Braga, se as conexões derem certo, pois temos que fazer baldeação em Porto, são duas horas de trem. De Braga à Guimarães, 10-15 minutos de carro. De Guimarães para Aveiro, 2 horas de trem com baldeação em Porto.

Braga é uma cidade pequena, conhecida como cidade dos bispos (não precisa explicar não é mesmo?), e tem origem celta. Nossos amigos indicaram alguns lugares para visitar em 3 horas e meia. Das indicações não conseguimos visitar todas, o tempo foi curto, mas deu para aproveitar algumas coisas.

 Chegamos de trem, e fomos caminhando em direção ao centro da cidade. Chegamos no Jardim de Santa Bárbara ou das Mães. Neste local, os arcos de pedra e o colorido das flores deixavam esse jardim lindo.  E o casal apaixonado e despudorado, o que acham?

Caminhamos até o centro de informações para pegarmos o mapa, e descubro que em vários pontos de Braga existem wifi de graça, isso não é maravilhoso?

Paramos no Largo da Arcada. Lá está o Café Vianna, onde comi o melhor Pastel de Nata.
Decidimos andar pela cidade e não ir até no Bom Jesus de Braga. Lá parecia ser muito interessante, teríamos uma visão da cidade. 

Visitamos algumas igrejas, que tinha o interior decorados  em azulejos que contrastavan com o dourado, a madeira e as peças barrocas, garantindo um visual impressionante. 
A Catedral de Braga, é o que há...uma igreja medieval, feita de pedras com peças valiosas. No interior não é possível, inclusive há seguranças.

Depois visitamos a Fonte do Ídolo. É um santuário rupreste, tem duas salas, um em cima (que fica logo na entrada) e outra embaixo. Na sala de cima há um computador que contaa história da rota romana em Portugal, dos acampamentos, fontes, e etc. Na sala debaixo podemos ver as pedras, com dois desenhos indicando  que fonte é de origem romana. Durante uns 10 ou 15 minutos , é passado um vídeo que conta a história da fonte.

 O tempo em Braga estava se esgotando, pois queríamos fazer duas coisas, encontrar umapessoa que eu só conhecia na blogosferae ir à Guimarães.

Fernanda do blog: Mãee muito mais,nos pegou em Braga e delá fomos até a casa dela para comermos um delicioso bacalhau com natas, e conhecer a família também. A casa dela fica em uma vila. Fernanda é do jeito que eu imaginava, alegre, legal, ativa e a família muito acolhedora. Conheça um pouco mais de Fernanda aqui.

Guimarães

Fernanda foi nossa guia, pois conhece bem a cidade. Guimarães é cidade pequena, com arquitetura medieval e com traços dos celtas. Foi a primeira capital de Porugal, e em 2012 foi considerada cidade do patrimônio europeu, título merecido, pois a cidade é muito bonitinho.

Lá fomos no Castelo, que é tão imponente quanto o de Heidelberg.


Já na saída do Castelo, havia um estátua, um brasão e uma placa de ferro. O brasão e a placa eram homenagens do Brasil à Portugal em momentos diferentes: a primeira pelo Presidente Médici, e a segunda pelo Sarney.

Enquanto caminhávamos pela cidade Fernanda ia nos explicando tudo. Passamos por praças, entramos em igrejas, entramos em lojinhas de artesanato, paramos para uma água.

  Eu já estava esgotada, estava muito cansada, pedi arregoe quis voltar para Aveiro.

1 Comente aqui:

Fernanda disse...

Obrigada pelas palavras tão gentis, Roseane! Você também é tal como eu iamginava, e isso é bom, pois é sinal que a imagem que passamos em nossos blogues corresponde á realidade, "what you see is what you get"! :)
Foi um prazer recebe-los, e guiá-los neste dia.

Beijinhos e cumprimentos ao Flávio.

P.S. Nem comentei ( tanto que falar!), mas realmente o seu cabelo está lindo!