17 de nov de 2013

Hoje é dia de Avastin baby!

Como eu prometi, eu vou tentar explicar o que eu quero dizer dizer com esta frase que eu sempre escrevo em uma das minha redes sociais.
Hoje é dia de Avastin, baby!
A frase está relacionada com a famosa frase da Cristiane Torloni quando ela foi entrevistada durante o show da Katy Perry.
Ela disse para a réporter: Hoje  é dia de rock bebê!
Isso foi muito engraçado e virou um bordão no Brasil e principalmente nas redes sociais.
Quando eu tive a primeira quimoterapia, eu publiquei uma foto minha durante o momento da infusão no Facebook.
Muita gente curtiu e comentaram tantas coisas boas, que eu senti uma enorme energia positiva, vindo de vários lugares do mundo, eu adorei isso. Me senti amada.
Aí quando eu tive a segunda quimo, eu publiquei novamente uma foto minha durante a infusão e escrevi:
Hoje é dia de quimo baby!
Eu escrevi baby, porque no meu celular eu ainda não tinha o acento circunflexo, aí eu escrevi baby, porque eu sabia que todo mundo ia entender que era bebê.
Muita gente curtiu, então eu não parei mais.
Toda vez que eu tinha quimo eu escrevia a frase, colocava uma foto e publicava no facebook.
Após terminar meu tratamento com quimoterapia, eu comecei um novo tratamento com Avastin.
E como eu tenho a infusão a cada três semanas, eu continuo escrevendo:
Hoje é dia de Avastin baby!
Eu realmente curto isso.
Neste link aqui tem a explicação do que é o avastin!

1 Comente aqui:

Camille disse...

Oi Roseane querida,
Fico contente que você lide com tanta naturalidade com os tratamentos, sao coisas da vida mesmo. E é o caso de lidar. Lembra quando eu te falei para tirar essa palavra-cancer, e nao ficar falando sobre isso?Foi uma ideia tao boba minha, baseada num sentimento que ja tive. E eu nao sou você,cada um sente de um jeito. Voce tem um comportamento semelhante ao da Mariana, minha amiga,super novinha que falava do assunto para quem quisesse sem o menor problema.Parou de usar peruca, assumiu o que estava vivendo.Vocês são fortes meninas. A Mariana teve uma cura espetacular, depois de um tempo grande de tratamento sim, mas o prognostico dela era assim, ela é uma raridade quase,no caso dela.Tinha um cancer que só da em criança....
O nome disso é mesmo resiliencia e cada vez aprendo mais com voce, como aprendi com ela, a levar a vida com essa naturalidade. Tudo vai passar, e quem sabe um dia voce e Mariana se encontram, quem sabe na sua noite de autografos do livro que quem sabe voce vai ter vontade
de escrever. A Mariana nao escreveu o dela não, hehehe, preferiu viver o livro da vida, voltou pras baladas. Baladeirissima. E hoje em dia usa cabelo curto. Gostou. Antes usava um cabelao pela cintura. Tudo muda, tudo se aprende. E a vida continua. É isso ai baby! ( nao conhecia essa frase da Cristiane Torloni nao) Tou meio por fora... E teu blog continua sem atualizar ma minha pagina.O da Michelle tb estava assim e ela fez alguma coisa, que voltou a atualizar Teu post que aparece para mim tem 5 meses. Talvez aconteça no blog de outras pessoas.
Beijos e boa semana,
Paulinees