24 de jul de 2011

Eu e uma celebridade americana-alemã em Heidelberg

Eu já falei sobre as óperas que já assisti em Heidelberg? Tem um post sobre uma ópera aqui.

Esse ano eu fui ver novamente a opereta "O príncipe estudante". Eu já tinha assistido em 2009.
Foi super legal. O dia estava claro e limpo.
Não fui sózinha, Flavio e um casal de amigos visitavam Heidelberg pela primeira vez, foram também.

Eu gosto do ambiente onde ocorrem as óperas e operetas. É no imponente castelo de Heidelberg.
Não é muito barato, mas vale a pena. Especialmente porque é só no verão que acontece.

A opereta "O príncipe estudante", conta a história de Karl Franz, que vai passar uma temporada em Heidelberg para estudar.
Em Heidelberg, ele vive uma vida como todo estudante, com estudos e farras. Ele também se apaixona por uma plebéia. Uma garçonete. Só que elejá estava prometido a casar com a prima.
No fim, o príncipe tem que voltar para casa as pressas, pois o avô morreu e o príncipe era o próximo na linha de susessão do reinado. Só que ele precisa casar, e com alguém da nobreza real que era sua prima.
Antes de casar, ele volta para Heidelberg, para rever amigos e sua amada. Mas tudo havia mudado. Os estudantes já não levavam a vida de antes, tinham casado, filhos e trabalho.
A sua amada Kathie, continuava na labuta, solteira e ainda apaixonada pelo príncipe, mas o amor entre eles era impossível. Então o príncipe se despede de todos, e volta para seu castelo para casar com a prima. E assim termina a história do príncipe estudante.
Eu não sei se é por não ser nenhum conto de fada, ou pelo fato de ser encenada no castelo, mas eu gosto muito. Além de, com final feliz ou não, adoro uma história de amor.

Agora que já resumir a ópera, vou descrever minha tática de aproximacão do ator principal, que por sinal bem atrevida.
Quando a opereta terminou, fui até o ator Kevin Tarte, que faz o príncipe estudante.
Ele estava conversando com um casal, me aproximei deles e quando ele me olhou, pensei "é agora ou nunca", me apresentei e  parabenizei-o pela perfomance, e ainda apresentei minha amiga.
Ele super simpático disse: Vocês são do Brasil? Vocês gostaram da opereta?
Respondemos que sim, e ele "Que legal, fico feliz que vocês gostaram".
Ele viu Flavio se aproximando com a máquina,e sorrindo, perguntou se eu queria uma foto, eu disse que sim.
Aí está a foto com a celebridade america-alemã. Claro que eu fiquei na maior pavulagem!

6 Comente aqui:

Elaine Pasquim disse...

Vc tá chique, hein??!! E falando em inglês ou alemão?? Tá podendo!! Bjs

promissaoIDE disse...

PARABÉNS!AINDA BEM Q O KEN(P/ÍNTIMOS)Ñ PERCEBEU Q SOMOS IRMÃOS, SE Ñ ELE IA FICAR T ALUGANDO, RSRS. ELE É GENTE BOA. BJS

Alcinéa Cavalcante disse...

Mas é muita pavulagem rssssssss
Beijos, querida

Zany Vasconcelos disse...

Ro,legal a foto com o "princípe" é pra ficar pávula mesmo!!!Bjs!!

Milton T disse...

Roseane assim que se faz, se ficasse esperando, talvez nunca conseguiria falar com o príncipe

boa semana

=)

Celia disse...

Que legal Ro. Vc ta ficando famoso tb ai em Heidelberg. Bj