18 de jan de 2010

Em Praga

Praga é linda de morrer. Adorei essa cidade que lembra uma cidade da época medieval (que li em livros ou vi em filmes), mas super moderna e cheia de vida.
No dia 03, domingo, acordamos um pouco tarde, acho que foi o cansanço da viagem aliadoao conforto do nosso apartamento.
Como tínhamos uma cozinha, resolvemos ir ao supermercado para comprar algumas comidinhas para o café da manhã e lanches, já que nossa intenção era passar o dia inteiro batendo perna.
Não estava nevando em Praga, isso foi um bom sinal. No caminho do supermerado descobrirmos um bar-café que era maravilhoso, eu esqueci o nome, mas era algo como chocolateria. Ficava em uma rua não turística e era super fofo e com um estilo alternativo.
Eu me surpreendi que em pleno domingo o super mercado estava aberto, inclusive muitas lojas, também. Isso não é comum aqui na Alemanha.
Nós passamos 3 dias em Praga, batendo perna, passeamos muito pelas ruas, visitamos lugares incríveis, museus, igrejas, o castelo, um mosteiro, uma sinagoga judia, etc...
Eu espero que vocês sintam isso pelas fotos.
O artesanato da Republica Tcheca é lindo; as marionetes, as bonecas russas (matrasca alguma coisa assim...), as pedras preciosas, como o âmbar, os bordados e etc.
E para quem gosta de cerveja, lá tem muitas, para todos os gostos
Gente me desculpem, mas eu não anotei o nome dos lugares,  os nomes eram complicados, também não comprei livro sobre a cidade, e com a memória péssima que tenho, não conseguir guardar o nome dos lugares que visitei.
Lembro bem do relógio astrológico, lá fiquei no meio da multidão esperando a caveirinha bater o sino.
Visitamos o castelo do outro lado da ponte, que é impressionantemente grande, com galerias, museus, igrejas, a rua do ouro, onde Kafka trabalhava.
Entramos na sinagoga judia, passamos em frente aos teatros nacional e do estado,  por algumas rotundas religiosas, andamos na beira do rio, e eu quase morri de frio,
Subimos o morro para ir ao mosteiro de nome esquisito (Vysehrard), não entremos no Museu Nacional porque fechava na terça e nós não sabiamos, além de mais outros lugares que não lembro.
Na próxima viagem vou lembrar de levar um bloco de notas e anotar tudo.
Praga, como falei,  é uma cidade que é linda e que vale a pena conhecer. Lá é fácil se comunicar em inglês. E em algumas lojas, vendedor@s perguntam de onde somos, e falam português, espanhol, italiano ou alemão. Bem multi-cultural mesmo.
Quero voltar um dia lá, na primavera ou no verão para curtir a cidade melhor, embora com certeza, vai tá mais cara e cheia de turistas.
As fotos estão aqui.
O nome do hostel: Royal Road Residence

6 Comente aqui:

Jannine disse...

Eu AMO Praga de paixão, fiquei em um hotel delicioso tb, bem perto da Praça do Relógio Astronômico! Também passei 3 dias lá, e como fui na primavera tomei muito banho de chuva, geralmente saíamos do hotel com temperatura em torno de 12 graus e ao longo do dia ia subindo até uns 21. À noite caia novamente!!! Bebi muita cerveja da Boêmia e trouxe para casa =P. Beijão.

Fernanda disse...

Então o seu marido teve que pôr um quipá, para entrar na sinagoga, Rô!

Também gostamos muito de entrar nesses sítios religiosos, por todo o mundo.

Beijinhos e obrigada pela info!

disse...

Um dia conhecerei esse mundo tão lindo de meu Deus.
Ro, obrigada pelo carinho de sempre.
Beijos de linda semana!

Ivana disse...

Ro, olhando as suas fotos deu mais vontade ainda de viajar!!! Nao vejo a hora!
Beijos!

Zany disse...

Ro, fico emocionada e arrepiada com o seu relato de viagem. Aproveite bem amiga! Bjs!!

Anônimo disse...

A sua viagem parece ter sido maravilhosa.
pretendo um dia viajar muito bem.
Só faltam as condições melhorarem.
bj

www.tercascmonica.blogspot.com