9 de jun de 2007

Me aventurando no Reino da Batatolandia

Há quase seis meses sem cortar o cabelo, antigamente cortava a cada 3 meses...resolvi me aventurar e ir no salão de beleza perto de casa.
Vi uma propaganda com os preços e me pareceu bem em conta para uma pessoa sem redimentos mensais. Decidi cortar as pontas, só as pontas...fiquei com medo de fazer algo diferente, pois meu cabelo é especial (pelo menos eu acho) e não é para qualquer mão meter a tesoura.
Na última vez que cortei e entreguei esses cabelos especiais na mão de um desconhecido , deu m.
Não queria cometer a mesma coisas aqui no Reino da Batatolandia. Por isso queria cortar só as pontas...mas como explicar o corte? como explicar , tudo em alemão, que ele ainda está sob efeito da escova progressiva...e que o cara errou na última vez que cortei meu cabelo e ele tava bastante irregular...
Então fiz um desenho, explicando tudo em alemão, mais ou menos assim:
1 dedo, na parte mais curta de toda a cabeleira
2 dedos na parte menos curta, e
3 dedos na parte mais longa do cabelo, que é a parte de trás
Ela, a cabelereira, lavou meu cabelo, olhou o desenho e começamos a dialogar em inglês (ela falava inglês)...
Gente, ela cortou exatamente como havia escrito, 1 dedo, 2 dedos e 3 dedos, nem um milímetro a mais...fiquei impressionada!!!
No Brasil, eu pedia quero cortar só as pontas, aí minha cabelereira em Brasília, me perguntava quantos dedos? e dizia, porque você não corta assim, assado....sempre queria fazer algo diferente... apesar da insistência e das sugestões sem eu pedir, eu sempre gostava quando ela cortava meu cabelo. Semrpe deixava do jeito como queria, embora os dois dedos que sempre pedia, parecesse 4 dedos...
Aqui pensei que ia ser assim também...mas ufa! ainda bem que não foi!!!! E eu saí bem contente com o cabelo cortado, mesmo parecendo que não tinha feito nada.
E o melhor de tudo, foi que paguei a metade do preço que pensava...não me pergunte porque, pois nem eu entendi.

8 Comente aqui:

Dona Minhoca disse...

É a meticulosidade germânica no dia-a-dia. :)

Marcia H disse...

kkkk você deu sorte, nao largue esta cabelereira por nada no mundo.

bjs

Jannine L'Amour disse...

Quero ver seu cabelo, deve estar lindo como sempre ;. Hoje à noite vou forrozar. Um cheiro.

Ane disse...

Ei,sabe que é mesmo?Eu ia numa cabelereira que fazia tudo ao contrário do que eu queria.Cheguei a pensar que era de propósito.A que eu vou agora corta muito bem,aliás dar 10 x 0 na outra.Mas será que é coisa de alemã ser precisa no corte?Roseane,vc pode votar em mim lá no Clube da Melhor Idade?Clique aqui!
http://amigosdoclube.zip.net/salavotos.html

zany disse...

Ro,cadê a foto com o novo cabelo? Continue sempre assim contando as suas aventuras por aí,com bastante pavulagem,pois seus fãs estarão sempre aqui pra ler os seus relatos.
Beijos!

Ciça - Égua da Coluna disse...

Ah mana mas se com desenho ela tivesse feito m na proxima iria precisar de um video do Youtube para explicar!!!

Eu vou apanhar por esse imbecil comentário mas ele me escavuca toda vez que leio algo como o post abaixo: é preconceito ou falta de competencia. Quero dizer, nao existe possibilidade do cara nao está no desfile por falta de experiencia, nao ser tao bom quanto o branco etc... é preconceito mesmo? Tá bom...

P.S: Detesto balone!

webeatriz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
webeatriz disse...

Rô ontem , fui a um salão, e observei uma moçã de um cabelão chegar e pedir para cortar as pontas , e por incrivel que pareça a cabeleireira fez exatamente o que a maoça pediu. mas em geral os desfechos anteriores que já vi, é uns dez cm de cabelos ao chão e uma cliente chorando no salão! rsrsrs