12 de ago de 2012

O tédio e a observadora

Estou no 6º dia pós quimo. Pense em uma pessoa entediada...
É que eu não posso dá moleza e ficar batendo perna por aí e depois pegar uma infecção, então eu tenho que me resguardar um pouco, pelo menos até o 10º dia.
Os passeios, só ao ar livre e perto de casa. 
Ontem, eu já não aguentava mais fazer apenas isso, e eu e o maridón fomos em um Café.
O Café que me refiro não é aquele pretinho básico de beber, mas uma espécie de lanchonete com mesas na calçada. No verão sempre fica cheio.

Chegando lá, enquanto o maridón conferia o jogo Brasil e México no celular, passei a observar as pessoas no Café:


Uma senhora tomando chá e lendo um livro.
O casal tomando café com o olhar perdido em ¨além do horizonte deve ter...¨
O homem tomando uma cerveja e falando ao celular. Pela expressão, devia ser um assunto muito sério.
O rapaz com óculos espelhados, braço cheio de pulseiras, falando ao celular e com aquele sorriso latino cheio de charme e simpatia para o mundo em sua volta.
A moça tomando um suco e checando mensagens no celular. Estaria a espera de uma mensagem amorosa?
A mãe coçando a gengiva do bebê com o dedo indicador por horas. Logo pensei, será que este dedo está limpo?
A moça de vestido, que sem nenhum pudor, mostrava a calçola porque ninguém não tem nada haver com o modo dela sentar.
Duas moças tomando um café e olhando alguma coisa no laptop, talvez fazendo um trabalho...
A moça coçando o pé do rapaz com a colher que ela tomava o latte macchiato. Vixe!

Não existe tédio quando se há muita gente para observar, seja na vida virtual ou na real.

Tem gente que prefere observar o facebook bem discretamente, eu confesso que gosto mais de observar a vida real, e nas redes sociais interajo mais, não apenas observo, como comento, curto, sigo, compartilho, e etc.

Bom domingo cheio de curiosidades e não de tédio!

3 Comente aqui:

Agora somos tres disse...

Eu já não sei mais o que é isso (tedio).

Depois que a Piquinininha nasceu minha vida é um agito só. Agora ela esta lá, nanando, e eu vim bater um papo com a familia pelo skype. :)

Vi seu comentario lá no blog e vim correndo visitar o seu.

Coçando o pé com a colher!!! Vixe mesmo. rsrs

Amei o post.

Um otimo domingo pra vc tb.

Bjukas
Ta

Rosângela da Luz Matos disse...

Hum, adorei crônica de um dia de tédio.
O tédio também está em nossas vidas.
Mesmo na vida de luta pela saúde.
Já, já vc estará reunindo companhias baudelaireanas destes dias de tédio e nós ganharemos mais crônicas do dia-a-dia.
Bom para pessoas comuns.
abçs,
Rô do Chuí.

Milena F. disse...

Também adoro me sentar e observar as pessoas! Posso fazer isso por horas!!!