29 de jun de 2012

Poesia de Emily Dickinson


Florescer
Florescer – é Resultar – quem encontra uma flor
E a olha descuidadamente
Mal pode imaginar
O pequeno Pormenor

Que ajudou ao Incidente
Brilhante e complicado,
E depois oferecido, tal Borboleta,
Ao Meridiano

Encher o Botão – opor-se ao Verme –
Obter o que de Orvalho tem direito –
Regular o Calor – escapar ao Vento –
Evitar a abelha que anda à espreita,

Não decepcionar a Grande Natureza
Que A espera nesse Dia –
Ser Flor é uma profunda
Responsabilidade.

7 Comente aqui:

Elaine Pasquim disse...

E vc está desempenhando um excelente papel como flor!! Bjs

Camille disse...

Que lindo poema, lindo mesmo. Outro dia uma pessoa postou para mim essa frase, que agora deixo tb para voce:

"Aprendi com a primavera a deixar-me cortar e voltar sempre inteira"
Cecilia Meirelles

Certamente estava se referindo as flores, e certamente tb a nós, seres humanos.
Bjao amiga.

Cláudia disse...

Lindo poema! Passei pra deixar um beijo!

Anezinha disse...

linda poesia, passo sempre que posso aqui! saúde para vc!
Xará Roseane

Anezinha disse...

meu blog é Anezinha!
mas tenho outro se quiser dar um look , lá vai:
http://www.anezinha.recantodasletras.com.br/

bjs
Rose

Camille disse...

Querida Roseane,
Mande novas noticias. Como estao as coisas? Espero que esteja tudo bem com voce, sua saude, sua vida, tudo.
Estou aqui sempre na torcida para que tudo esteja bem, e está bem.
Beijos querida,
Fique com Deus.
Camille/ Pauline Herbach

Programa de Orientação Acadêmica (IHAC/UFBA) disse...

Querida,
Toda atrapalhada com muitas mudanças escrevi para vc e a msg não foi. Acho que foi na hora de escolher 'a identidade'.
Escrevo com esta identidade mesmo. Tenho que alterar. Fiz alguma coisa errada. Não sei pq aparece o endereço de outro Blog que fiz.
Estamos com saudades de vc. Também torcemos para que vc retome sua energia. De todo modo, estás tecendo delicadezas existencias neste enfrentamento com a doença. Sua escrita, as imagens dizem de um viver cheio de gosto por vc, pelos seus, pelo cotidiano, pela vida.
Então, deixa eu te perguntar uma coisa. E o mestrado? Vc tem alguma combinação quanto a isto? A escrita parou em que ponto? Bom, se precisar de apoio para tarefa dê um alozinho.
bjs,
Rô e Sinval