21 de mar de 2012

Um dia eu aprendo a fazer tortilha espanhola

Sabe quando você tá mal acostumada porque tem alguém (maridón) que prepara todos os dias suas refeições, e no dia que essa pessoa não prepara, e você tem que fazer isso sozinha... pois é...

Agora pense em uma mulher cheia de pavulagens, com desejos gastronômicos frequentes, não muito prendada na cozinha e com uma certa preguicinha...
Essa mulher sou eu mesma. Arregacei as mangas e decidi cortar as batatas.
Decidi preparar para meu almoço uma imitação de tortilha espanhola.

Nem me dei ao luxo de procurar no google. Usei a criatividade, os ingredientes à mão e a saudosa lembrança da tortilha que comi em Barcelona em 2010.
Gente o trem ficou bom!
Uma fome é tudo na vida.

Fiz assim:
Cortei duas batatas pequenas em fatias, coloquei na frigideira, e cobri com água, alho batido, um colher pequena de caldo de galinha em pó, ervas finas, um tequinho de sal. Tampei a frigideira
Quando estava quase seco, acrescentei arroz, milho, azeitona e tomate seco picado. Tampei.
Aí bati um ovo com um tequinho de sal e óregano e joguei por cima das batatas. Tampei.
Quando estava quase bom, salpiquei queijo ralado e cheiro verde, apaguei o fogo e deixei a frigideira tampada por uns 2 minutos para o queijo derreter.
Só faltou banana. Adoro comer ovo com banana.

Quando estava quase no fim lembrei de bater a foto para vocês.
E para quem tiver fazendo plano de redução calórica, aconselho não colocar arroz.
No meu caso, eu só coloquei arroz, porque já tinha uma sobra, além disso tenho que aproveitar que tenho fome e vontade de comer.
Nome do prato: Tortilha a La Ro.

4 Comente aqui:

Fabiany Oliveira disse...

Quando estamos com fome, tudo fica + gostoso..rsrsrsrs.
Às vezes, quando chego do trabalho varada de fome, pego tudo o que tem na geladeira e invento as gororobas..fica uma delícia! rsrs


Bjus

Nora Borges disse...

Menina, nem chama isso de Tortilla Espanhola porque meu marido tem um chilique! Isso é realmente uma Tortilha a vc mesma! hahahahahahah!
Vem que eu te ensino aqui uma de verdade! Beijinhos.

Camille disse...

Essa é a tortilha espanhola, sabor e estilo pavulagem, da nossa amiga Nutriane. A tortilha de batatas que eu conheço, leva batatas, ovos, cebola, azeite/oleo, sal e ponto final. Talvez uma pimentinha do reino com muito favor. E é comida certeira de peregrino. Naquele Caminho de Santiago, Santo Caminho maravilhoso, nao teve um dia ha 15 anos atras, que nao tivesse comido uma tortilha. 30 dias seguidos de tortilha. Se fosse hoje, amiga, com meu colesterol, nem adiantaria ir correndo ao inves de andando para gastar. Taí, como seria a comidinha de uma peregrina 15 anos depois , com o colesterol muito acima da media, num lugar onde a comida mais acessivel é qualquer coisa que tenha ovos? E tb a mais energetica...
Beijao amiga, sua tortilha deve ter ficado muito gostosa, ainda mais com azeitonas. Adoro azeitonas. Agora se tivesse banana ficava incomivel para mim ( existe essa palavra?) Detesto farofa com banana, qualquer coisa com banana. E banana pura e crua eu gosto... Cada qual com seus cada qual ne?
Tou firme aqui na torcida Roseane.
Saúde perfeita, saúde boa. Bjao

Fernanda disse...

lol...arroz?!
Adoro a tortilha espanhola, e faço muito, porque é prático e saboroso.
Fiquei com vontade...

Beijinhos