29 de fev de 2012

Câncer de ovário: uma doença silenciosa

É difícil de acreditar como uma pessoa como eu, que tenho uma vida “saudável” – eu não fumo, eu não bebo, faço ginástica, eu não sou uma pessoa anti-social, sou feliz – descobri  2 dias atrás, somente após cirúrgia que tinha câncer. Antes da cirúrgia, durante 3 semanas, foram apenas incertezas do que eu tinha.
Eu não quero fazer nenhum drama, não quero que as pessoas sintam pena de mim. A única coisa que eu quero é que isto sirva de alerta para as mulheres. Um alerta para que elas possam se prevenir, embora a prenvenção seja muito difícil.
 Eu tentei me prevenir, eu vou ao médico sempre, 1 e 2 x por ano. Mas por alguma razão, pelo fato de não ter dor, sangramento, o câncer de ovário entrou na minha casa, no meu corpo, na surdina, entrou sem pedir licença. Agora, tenho que colocar ele para fora da minha casa, grande parte se foi, mas agora preciso limpar bem.
Eu queria pedir às pessoas, especialmente as que me acompanham no blog, mesmo que eu não conheça pessoalmente, que elas vão ao médico, façam exames com frequência, repita, se for o caso. O câncer de ovário não é fpacil de ser diagnosticado, mas tem cura.
Ainda quero ler e aprender mais a respeito, e quem sabe interagir aqui.
Esta é uma situação em que eu não queria estar e eu não desejo para ninguém. 
Talvez eu volte a escrever sobre isto e talvez não. Eu tenho que cuidar da casa primeiro.

Esse post foi escrito no dia 20 de fevereiro pelo meu marido, enquanto eu estava no hospital, hoje estou em casa.

16 Comente aqui:

Camila disse...

Rô, nem tudo tem lógica, explicação, razão ou motivo. Espero que o tratamento seja um sucesso e você fique bem. Beijos!

Marcia H disse...

nossa Rô, tenha força e confiança, para lidar com isso. realmente, nao sabemos sempre o que temos e sao acasos que nos fazem descobrir, lutar e crescer. saúde para ti, um beijo Marcia

Nora Borges disse...

Querida, quero que me sinta pertinho de você.Podemos conversar sempre que vc queira. Vou te mandar meu telefone e também quero o seu, se vc não se importar.
Me explique como foi que vc descobriu que tinha um problema de ovário? Porque meu exame preventivo só faz citologia de colo de útero e mamografia. Que exame vc fez?
Beijinho enorme.

Fernanda disse...

Lamento muito Rô.
Há muita coisa que custa a entender e aceitar, eu sei como é, acredita.
Desejo as tuas melhoras e rápida recuperação.

Um beijo!

Renata Hamoy disse...

Querida Ane,
Admirável sua atitude que apesar do momento difícil que tá passando ter a preocupação em alertar a todas as mulheres quanto a esta doença que negligenciamos muitas vezes,hj fui ao gineco fazer um checap e faço um procedimento cirurgico na terça que vem,mas nada grave( Bartolinite).Desejo do fundo do meu coração que Deus dê a força e fé que vc precisa pra se reestabelecer o mais rápido possível.Beijão

Camille disse...

Querida Nutriane,
Em primeiro lugar, obrigada por compartilhar e alertar. O que voce esta dizendo é muito importante mesmo: um cancer que entra na surdina e aparentemente sem motivo, numa pessoa saudavel.
Saudável o suficiente para se colocar aqui sem receio nenhum de ser expor, de estar vulneravel ao olhar do outro. Isso é ser gente de verdade.
Bom que mesmo que em algum momento voce tenha ate tido a tentação, nao caiu no buraco do "que peninha de mim" Mais fortalecida cura mais rapido.
Tivemos algumas oportunidades de conversar sobre esse assunto da recuperaçao rapida nas aulas de psicanalise por que alguns de nos tivemos doentes: um colega, o proprio professor e eu.
Em 2009 tirei o utero e graças a Deus, apesar de todos os prognosticos sombrios- por que tb naoé verdade que miomas sao sempre benignos e quando ha outros corpos juntos e muitos , nao da para identificar. Sofri até, quase fui dessa, por que tive um problema pos -cirurgico grave,na UTI. COnto o drama para dizer que minhsa medica iria me dar alta em dois meses. Em uma semana me deu alta, em 1 mes eu estava na França passeando depois de uma baita "cesareana".
O quue eu quero dizer minha querida é que as enfermidades estao aparecendo mais mesmo, as vezes a gente olha tanta gente, que parece uma "epidemia". Por outro lado, os enfermos ja tem uma outra qualidade de competencias, que permitem dar a volta por cima e ainda tres pulinhos. Por que? Não sei. A cabeça é muito poderosa para ajudar a curar. É isso que voce deve estar elaborando agora. Por que aconteceu? Nao sei, mas sei que ja consegui espantar e estou boa.
Força e entusiasmo,vontade de fazer coisas é o que levanta todo mundo. Fé em si mesma. Grande qualidade.
Um beijo grande e estou aqui torcendo por voce,
Cam

Adriana disse...

Querida Rô,
Você não fez nada. Você não é merecedora de nada. Você não tem culpa de nada.
Pense agora que você é uma mulher!!!! Viva, alegre, querida, amiga......humana.
Você é única! Tão única que é capaz de dividir o que tem de mais profundo e intenso: o seu ser FEMININO. Seja sempre esta mulher VIVA, atenta, receptiva, que a VIDA te ensinará passar por este momento e te fazer cada fez mais única e especial!!!
Bjos
Sua Didinha Mineira

Allan Robert P. J. disse...

Que susto! Tenho duas filhas e esposa, esse tipo de coisa preocupa a todos. Ainda bem que a cura é possível e que você está em casa. Vou ficar na torcida para que tudo se conclua no modo melhor e mais breve.
Beijoca solidária

Flavio Valente disse...

Amor da minha vida, admiro tanto você como mulher e ser humano, que é difícil expressar em simples palavras. Achei um ato maravilhoso de solidariedade humana e desprendimento, você ter me pedido para digitar este post, pouco depois de termos tido a informação completa do diagnóstico por parte de um dos cirurgiões.
Amo você, minha paz, amo você, minha inspiração de vida. Juntos, você, eu tua família e as muitas amigas e amigos que você fez por este mundo afora, limparemos juntos a tua casa e o teu corpo com a energia do amor e da solidariedade.
Beijos, com você sempre.Flavio

Jannine disse...

Estou contigo e meu amor tb! Sei que logo logo sua casa estará linda e limpa como sempre!

Elaine Pasquim disse...

Amiga querida, se depender das pessoas q gostam de vc, muita força e energia positiva estão vindo do mundo inteiro! Bjs

HelianaBastos disse...

assim como o Flávio admiro muito o seu ato em favor de outras mulheres, expondo um pouco da sua vida. é isso aí Ane,como diz aquela música que vc gostava de colocar na net: ''andar com fé eu vou que a fé não costuma falhar.'' não tenho pena de vc, pelo contrário acredito que vc tem força pra superar esse obstáculo. as dificuldades aparecem pra provar quem é forte e não pra por um fim a sua vida.
não somos parentes, mas te considero uma grande amiga, e torço mto pelas tuas realizações. stand by me. bjos.

Ivana disse...

Ro, querida! Que susto!
Mas como és cuidadosa, tenho certeza que descobristes muito precocemente!
Tenho absoluta certeza de que esta "casa" ficará um "brinco", cheia de luz e energia positiva!
Beijos, RÔ!

Bete disse...

Olá querida
Somente ontem soube, tenho navegado pouco por essas bandas.
Fé em Deus.
Voce estará em nossos pensamentos positivos e presente em nossas preces.
Você vencerá.
Bjs no coração.

Cristiane Costa Nascimento disse...

Oi Roseane!!!! Fiquei assustada com a notícia, mas tudo vai ser resolvido e vc vai limpar a casa. Estou esperando sua chegada ao Brasil, para terminarmos juntos o seu trabalho de suas crianças quilombolas!!! Fica com Deus.

Luma Rosa disse...

Wow, Roseane!! Acho que agora é tentar se manter emocionalmente íntegra. Ajudar as outras pessoas, faz um bem danado para ambas as partes.
Quero te dizer que uma das formas preventivas de não se ter câncer de ovários, é vacinar meninas e meninos antes da primeira relação sexual, contra o HPV. Isso deve ser feito por volta dos 10 anos. O que acontece é que nessa idade, a pré-adolescência, os pais não acham necessário levar seus filhos em médicos especialistas. Quando a menina vai no ginecologista, invariavelmente já teve a sua primeira relação sexual. Agora o governo brasileiro colocou a vacina na grade de vacinas obrigatórias, tamanha a contaminação por HVP principal causador de câncer de colo de útero, de pênis, de boca e cervical.
Acho interessante você fazer uma postagem nesse sentido, para esclarecer principalmente as mães. À você estimo uma recuperação 100%. Ficarei na torcida enviando boas energias e querendo o seu nome completo para colocar em meu grupo de oração.
luzdeluma@ovi.com
Beijus,