29 de set de 2010

A Portinha

A Portinha é uma lanchonete localizada na cidade velha em Belém.
O nome "Portinha" pegou de tal forma, que todo mundo conhece esse lugar por este nome, mas não existe nenhuma identificação desse nome na lanchonete.
A Portinha é chamada assim porque é uma lanchonete super pequena, tem um balcão de talvez 1 metro e meio de comprimento. Duas atendentes, uma pessoa que trabalha no caixa.
A Portinha foi indicada por aquela revista com uma das melhores lanchonetes de Belém, e vem liderando por alguns anos.
Dira Paes, a atriz e militante de direitos humanos, foi uma das juradas e votou na Portinha como uma das melhores lanchonetes em Belém.
O dono da Portinha é tão cheio de pavulagem, que ele só abre a lanchonete no final de semana. Começa na sexta-feira a partir das 17 hs e segundo me disseram, lá pelas 19 horas ele fecha porque não tem mais nada para vender.
Quem quiser provar dos quitutes vendidos na Portinha tem que ir cedo.

A Portinha está sempre lotada. Eu fui cheguei cedo lá e já enfrentei fila.
Dentro da Portinha quase não tem lugar para sentar.
Fora da Portinha, existem umas 3 cadeiras na estreita calçada.
Como a Portinha fica localizada na cidade velha e as calçadas nesse bairro são bem estreitas, assim como as ruas, acho que dá para imaginar como é o conforto dessa lanchonete.
Mas se na Portinha não existe conforto, porque faz tanto sucesso?
Porque os quitutes de lá são diferentes e maravilhosamente deliciosos. E o preço é justo, preço de mercado. 3,50 reais cada salgado.
Eu, Flavio, meu pai, minha mãe e minhas irmãs comemos:
- Esfirra de pato
- Pão de queijo cuia
- Bolinho de bacalhau
- Esfirra de camarão com jambú
- Esfirra de frango com queijo

Tem outros quitutes, mas não deu tempo e apetite para provar todos.

Não deu para fazer foto das delícias, a única foto que consegui fazer, foi do Flavio saindo da Portinha.

7 Comente aqui:

Ivana disse...

Manazinha de Deus! Como assim "esfirra de pato"? Como assiiiim "esfirra de camarão com jambú"? Como assiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiim "pão de queijo cuia"?
Pérai que eu vou arrumar uma mucuta e voltar pra Belém!!!!!!

Michelle Pires disse...

Menina, tu sabes que moro em Belém e nunca tinha ouvido falar dessa portinha? eu hein...preciso conhecer.
Beijos.

Michelle Pires disse...

Ah, qual o endereço da Portinha?

Cristiane A. Fetter disse...

Ro, que salgadinho exótico, esfirra de pato, rs.
Adoraria provar.
Lá no Rio também tem uns cantinhos assim, sem conforto, sem estrutura, mas simplesmente divinos.
Pena que aqui onde moro não tem nada disso.
bjks

Clarice disse...

Para, menina! Desse jeito vou engordar só de ler!
Beijos.

Ernâni Motta disse...

Rô, cadê você? Que sumiço!... rsrs. Agora, esses lugares estão espalhados por todo canto. Aqui, no bairro, onde moro, tem o bar "Sete portas", só para citar um exemplo.
O Círio está chegando. Vamos fazer um café da manhã especial para comemorar e diminuir um pouco a saudade.
Beijos.

Camille disse...

Mas esse cara esta podendo hein? So abri final de semana é muita pavulagem mesmo! Haja Dira Paes!!! Sera que a Dira nao pode fazer um lanchinho na minha portinha? Quem soou eu prima que nao tenho as delicias desse moço nao...
Vim aqui te convidar para participar de uma brincadeira Ro, um selinho e coisa e tal, por favor , compareça ao meu blog ( como se eu nao tivesse mais o que fazer , estou tao cansada qe parece que meu braço vai desatarrachar>>>( Hehehehe)
Mas relaxa.... Espero! Beijos!