20 de jan de 2010

De Praga para Bratislava - uma aventura quase incendária

Como sempre,  saímos no final da tarde de Praga para Bratislava.
O trem estava atrasado, meia hora. Quando o trem chegou, a coisa ficou meio enrolada para acharmos o nosso vagão, tivemos que andar por dentro do trem, pois estávamos com medo de perder a viagem se andassemos por fora.
Só conseguimos achar nossos lugares quando o trem já tinha saído. Finalmente sentados, relaxados, comemos um sanduiche...de repente sentimos um cheiro de queimado. Comentamos que parecia ser do freio.
Mas começamos a desconfiar que alguma coisa estava acontecendo, pois as  mulheres que controlam as passagens dentro do trem, andavam de um lado para outro, falavam ao telefone, o rosto era visivelmente de preocupação.
De repente uma passageira gritou em inglês para nós que tínhamos que sair depressa do vagão, pois estava com problemas.
Nós tentamos juntar todas as nosssa coisas rapidamente, e eu ainda vestindo casaco, colocando o chapéu, o livro, quando o Flavio viu uma fumaça preta pela janela do vagão, ele ficou assustado e me apreçou, enquanto algumas pessoas se moveram mais lentamente, não sei se não entendiam ou não acreditavam.
Não sei quantos vagões pra frente andamos, mas ninguém podia sair do trem, que estava parado. Vimos pela janela a chegada de outro carro e, ainda demorou uns 20 minutos para descobrirmos que o vagão que a gente tava, tinha começado a pegar fogo na saída da estação.
As pessoas permaneceram no trem, distribuídas em outros vagões. Nós ficamos de pé, no corredor esperands a definição da viagem. .
Logo encontramos um brasileiro de Brasília que ia para Viena e nós rimos muito.
Conhecemos também, três eslovaquianas que também estavam indo para Bratislava, que foram super legais com a gente. Traduziam tudo para o inglês sobre o que estava acontecendo, ofereceram lugar para sentar, deram dicas de lugares e restaurantes em Bratislava, e teve uma que ofereceu até uma carona de carro até o hostel.
Depois do susto, tudo foi controlado, eles tiraram o vagão, e a viagem continuou no mesmo trem, com mais de uma hora de atraso e sem problemas.Chegamos tarde, e estava frio na Bratislava, resolvemos ficar no hostel para descansar e dormir.

3 Comente aqui:

Fernanda disse...

Ai, ai...que susto!
Felizmente terminou bem.

Bjos

Jannine disse...

Com emoção né , amiga?! =)

Ivana disse...

Ro, um poquinho de emoção, só pra temperar a viagem!
Obrigada pelas dicas sobre a localização da "chocolateria" onde eu, certamente, vou me acabar, em Praga!
Beijos!