5 de dez de 2008

Lugares imperdíveis em Córdoba

Falar dos lugares imperdíveis não é fácil. É que são muitos lugares, mas esses eu visitei e indico:

Palácio Viana - fiz muita questão por conta do sobrenome, o mesmo da minha família e com um N, só. Tem muitos jardins internos e por dentro é lindo. Mas só pode visitar com visita guiada. Não deu para bater fotos por dentro. Uma das coisas que mais me chamaram a atenção, foram as camas e a portas. Eram pequenas demais. Fiquei me perguntando se as pessoas eram menores, menos gordas há mais de 500 anos atrás?
Em 1984, a última realeza Viana, dona do palácio não tinha filh@s e negociou com o banco espanhol a venda do Palácio com a exigência de que virasse museu e se conservando tudo, as peças, livros, artesanato, tapetes, quadros, móveis, baixelas, etc... Tudo desde a época de seus riquissímos ancestrais.

Mesquita ou Catedral - é impressionante, e talvez por isso seja o grande ponto turístico local. O sincretismo religioso é muito presente. A mesquita foi construída por volta de 700 pelo árabes, que dominavam Córdoba. Mas por volta de 1200, os cristãos iniciaram uma guerra contra os árabes, foram expulsos e a mesquita foi parcialmente destruída nesse período e transformada em uma catedral católica. Atualmente ela está sendo recuperada e apesar de vários altares e símbolos católicos estarem ainda presentes, dá para perceber o que a mesquita representava na época do califado.

Juderia - também muito badalado por turista, tem um charme muito especial e nos remete a uma sensação de está no Oriente médio. Pelo menos a mim, que nunca estive nas Arábias, Turquia, Iran, Iraque, etc. E lá tem muitas lojas de artesanato.
Como eu já falei as casa são pintadas de branco e algumas colunas são coloridas. Algumas janelas são arqueadas. E as ruas são muito estreitas.

Salão de Chá - é uma graça. A decoração é em estilo árabe, e tem uma variedade de chás imensa. Eu estive lá duas vezes. Na primeira tomei chá de menta, uma delícia. Tive a sensação que depois do chá, meu corpo cansado estava renovado e pronto para continuar o passeio. Na segunda vez tomei chá de rosa, jasmim e flor de lótus. Achei muito cheiroso e não gostei muito. Mas valeu a pena.

Museu da Torre de Calahorra - é pequeno, simples, mas muito bonito. Este museu mostra Córdoba da época dos Califas e da colonização islamica. Com concepção de convivência com a natureza, a paz e outras religiões, tudo bem diferente dos dias atuais.

E aqui neste link você pode conferir mais fotos de igrejas e da mesquita por dentro e por fora.

0 Comente aqui: