31 de mai de 2008

A vida na alemanha

Há um ano e quase 4 meses morando em Heidelberg, já dá para escrever sobre minhas impressões aqui.
Tudo baseado na minha vivência aqui. Eu não fiz nenhuma pesquisa.

A lingua alemã é terrivelmente difícil para aprender e falar, especialmente para quem já passou dos 30, como eu, e ainda morando em uma casa em que a língua falada é o português.
Chegamos aqui, nós três, marido, enteado e eu, sem falar alemão.

Como eu já falei (aqui) sobre o transporte na Alemanha...mas eu esqueci de dizer que NÃO existem catracas ou cobradores dentros dos ônibus e bondinhos.
Exporadicamente fiscais fazem seu trabalho solicitando o ticket e no caso da pessoa está sem a passagem recebe uma multa, atualmente, no valor de 40 euros por pessoa.

O cinema...tudo dublado em alemão. :(
Somente em sessões pra lá de especiais, que podem acontecer uma ou duas vezes por mês em um único horário, é que os filmes são exibidos na língua original.
No caso do Festival Latino, todos os filmes são na língua original.
O Festival acontece uma vez por ano.

Os Supermercados são em geral pequenos, se comparado aos do Brasil. As sacolas são vendidas e isso incentiva as pessoas levarem suas próprias sacolas.
Viva o consumo consciente e saudável!!!
Não existe ajudante para embalar as compras.
Os carrinho são presos por uma corrente, e precisamos depositar um euro para soltá-lo. Se quisermos o dinheiro de volta temos que guardar e prender novamente o carrinho.

Eu nunca vi segurança policial dentro do banco.

Existe uma infinidade de cerveja aqui. São deliciosas. E eu gosto mais da cerveja escura.
Tem gente que mistura cerveja com refrigerante, mas eu não gosto.

Aprendi no curso de alemão que o café é a bebida mais consumida na Alemanha.


Tem castelos por toda parte, já nem sei quantos castelos eu já visitei aqui na Alemanha, mas o de Heidelberg é o mais imponente de todos os que já vi.

Qualquer hora tem mais!!!
Bom findi!







0 Comente aqui: