30 de out de 2007

Blog, orkut e afins

Domingo passei meia hora apagando alguns recado do orkut. Recados antigos e já sem sentido...
Fiquei pensando na internet e blogs.
Eu sou uma garota de sorte, conheci pessoas maravilhosas por aqui, existe uma relação de troca muito positiva com as pessoas com que me relaciono e ainda aprendo muito com as pessoas, seja no blog ou até no orkut.
Achei engraçado reler algumas mensagens bem antigas do orkut. Mensagens que tinham de um tudo.
Desde feliz natal, aniversário, boas vindas, solicitação da minha dissertação e outras informações e até gente querendo saber como está minha nova vida nas terras germânicas.
Eu não gosto muito do orkut como meio de comunicação pessoal, pois ele é muito impessoal, mas tem gente que gosta.
O que eu gosto nele é que encontro informações interessantes, pessoas que há muitos anos eu não tinha notícias e ainda tem a agenda de aniversário, o que é ótimo.
É claro que também sou invadida quase que diariamente por recados maldosos, mas deleto assim que vejo e nunca entro em sítes indicados pel@s amig@s.
Aqui no blog, também já recebi uns comentários mal criados, bem poucos.
Também já usaram meu nome e o endereço do blog para deixar recados sem nenhuma ética em blogs alheios. Achei pavoroso, avisei a pessoa afetada, não sei se acreditou,mas fiz a minha parte e não deixei de blogar.
Afinal as experiências boa são maiores e melhores que as ruins.
Então eu estendo minha rede, deito, me embalo, me divirto e ainda fico cheia de pavulagem.

0 Comente aqui: