15 de mai de 2007

Vem do Pará

Para a Ciça,

Sem querer descobrir este síte, e como este é assunto que amo de paixão tô republicando, mas vale a pena ir lá no síte do Museu do Marajó e conferir muitas outras coisas interessantes...
COSMOLOGIACosmologia Inimigos não naturais

O caboclo vive, ou vivia, num mundo estranho povoado de seres misteriosos bons e ruins, mais ruins que bons, dos quais é preciso se defender. Para complicar a situação também a natureza oferece perigos, mas ele não esmorece, dá o seu jeito.

Vamos ver como o caboclo se defende da Matinta Pereira, do mau olhado, da assombração, da espinhela caída, do bicho do fundo......? E os Inimigos naturais ?

Há remédio contra todos: morcegos, carapanãs, piolhos, candirus, piranhas, ratos e os incontáveis bichos do mato

A pedra de raio é um marco da cosmologia do caboclo.

Cosmologia é o jeito de interpretar a realidade e o caboclo tem a sua própria e exclusiva: o jandiá vira sapa, o caranguejo morre e ressuscita, a mosca nasce do lixo ...

E o raio o que é? Uma pedra que cai do céu, se enterra sete metros (número mágico) e depois quer voltar ao céu, Uma teoria curiosa e não completamente original. Os italianos de século passado chamavam pietra di fulmine os achados arqueológicos etruscos! Mas não é tudo, Plínio nos diz que os romanos tinham a mesma teoria.

Prof. M. P. de Godoy, na obra Contribuição à História Natural e Geral de Pirassununga, Vol. I, p. 202, apresenta a idealização cabocla da pedra de raio).

A Medicina alternativa Não somente o pajé. dita receitas que não são aceitas pela medicina oficial . Um passeio, só para abelhudar e descobrir a cromoterapia, a pingaterapia, a pirótica, o do-in, a musicoterapia, e muitas outras técnicas antigas e recentes.

3 Comente aqui:

Ane disse...

Oi Roseane!Eu acredito na medicina alternativa,ela funciona sim!E vc tudo bem?espero que sim!Um grande abraço!

DaniG. disse...

Ai meu deudu, muita informação pra minha cabecinha. Vou ler tudo de novo !

Beijoooo

Ciça - Égua da Coluna disse...

Engracado precisar de alguém lá das outras bandas pra colocar no papel algo que pra gente é tao corriqueiro. Claro que acredito na medicina alternativa. E na da mata, benzedeira, fazedora de feitico.... tá bom, nao exagera Cica