7 de mai de 2007

Algumas lembranças...

Hoje no curso de alemão, lemos um pequeno texto sobre Berlim. A professora falou várias coisas, que eu entendi muito pouco, mas especialmente sobre o que foi a queda do muro, em 1989.
Então quando sair da aula fiquei pensando nisso, e no que isso representou para Alemanha e o mundo inteiro. Aí veio na minha cabeça esse ano, 1989.
Pra mim 1989 foi um ano muito importante:
- Entrei na maioridade
- passei no vestibular para nutrição
- votei pela primeira vez e foi logo para presidente, achava isso o máximo.
- Ano da queda do muro de Berlim
- participei pela primeira de em encontro de estudantes
- vi os meus professores da Universidade entrar em greve
etc, etc etc...
Na época que passei no vestibular, era um sonho de muita gente...fazer uma Universidade Federal era para poucos, acho que hoje ainda é, apesar de todas as deficiências...só que na minha época não existiam muitas opções, as pessoas passavam o ano inteiro estudando, se dedicando e depois quando saia o resultado era uma festa só, uma alegria incrível...
Como era bom escutar aquela musiquinha "alô papai, alô mamãe, põe a vitrola pra tocar, pode soltar foguetes que eu passei no vestibular"...
Após sair o resultado, fui no telefone público mais perto ligar para Macapá para anunciar o resultado... Fico arrepiada só de lembrar... Uma emoção ímpar.

4 Comente aqui:

JotaCê Carranca disse...

E se consegue aprender alemão? Acho mesmo que só alemão entende alemão.
Esteja á vontade.
Abraços e obrigado pela visita

Jannine L'Amour disse...

Ai que legal seu ano de 1989, lembra um pouco o meu também. Super beijo no coração e boa sorte com o idioma de Goethe ;)

Selma Lima disse...

16/07/2006
Um liquido borbulhante...
Em uma taça, no inicio da tarde...uma volta ao passado, uma saudade, um tempo que não volta.

Domingo, namorido resolve preparar almoço...cardápio: escondidinho...faltava queijo coalho...fomos na padaria...

No freezer da padaria o que vejo???

KEEP COOLER



Peguei uma garrafinha...já fui voltando 8 anos atrás...Lembrei das "três marias"...

Sim, nenhuma de nós erámos Maria, mas erámos três amigas...

Um dia, uma descobriu o keep cooler...bebida doce, lembrava champanhe porque borbulhava...a gente sempre tomava juntas, cada vez uma comprava um sabor...A gente só encontrava em um supermercado de Macapá...sexta-feira, decretamos dia de tomar keep cooler..., que delícia!

Hoje comprei uma garrafinha, lembrei de nós três, amigas, inseparáveis...de repente cada uma foi para um canto, separamos...cada uma cumprindo/desenhando seu destino.

Uma taça com esse liquido cítrico borbulhante, uma doce lembrança. Em um domingo caseiro, com o namorido e uma pergunta no ar: o que aconteceu com as outras Marias?

escrito por Roseane em 16/07/2006, e enviado para uma das "marias" em 12/05/2007, que teve seu dia agitado banhado por uma imensa chuva de doces lembranças de tempos q não voltam mais...

Selma Lima disse...

Ane,
Eu, uma das "três marias", está em Macapá, casada e com duas filhotas lindas nas idades de 8 (Bia) e 4 anos(Laura);
A outra "maria" vive em Belém com seu filhote Bruno de 8 anos, e com sua mãe.
Eu havia esquecido do seu talento em escrever sentimentos...qdo li o q vc escreveu a nosso respeito eu chorei com tantas lembranças de um passado maravilhoso q não volta mais...ainda bem q vivemos intensamente cada momento, né?
Quero te deixar essa canção que quando eu escuto me lembra muito daquela nossa época, época em que as "três marias" andavam juntas: Roseane Viana, Selma Lima, e Eliana Santos.

"Canção da América""

"Amigo é coisa para se guardar
Debaixo de 7 chaves,
Dentro do coração,
assim falava a canção que na América ouvi,
mas quem cantava chorou ao ver o seu amigo partir,
mas quem ficou, no pensamento voou,
o seu canto que o outro lembrou
E quem voou no pensamento ficou,
uma lembrança que o outro cantou.
Amigo é coisa para se guardar
No lado esquerdo do peito,
mesmo que o tempo e a distância digam não,
mesmo esquecendo a canção.
O que importa é ouvir a voz que vem do coração.
Seja o que vier,
venha o que vier
Qualquer dia amigo eu volto pra te encontrar
Qualquer dia amigo, a gente vai se encontrar"